SELO BLOG FM (4)

Presa dupla de estelionatários que tentava comprar apartamento de R$ 750 mil em Natal

A intenção dos bandidos era adquirir prédio de luxo em Petrópolis ou Tirol. Foto: Divulgação

A intenção dos bandidos era adquirir prédio de luxo em Petrópolis ou Tirol. Foto: Divulgação

Uma equipe de policiais civis da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu em flagrante dois homens que tentavam comprar um apartamento de luxo, estimado em R$ 750 mil, na manhã desta sexta-feira (11). Ageu do Nascimento Fernandes, 33 anos, e Diógenes Borges Barreto, 34 anos, foram detidos logo após terem entregue um cheque sem fundos, no valor de R$ 2.800,00, para o corretor Eugênio Gois.

Durante a negociação com o corretor, um deles dizia que era prefeito de Jardim de Piranhas e que queria comprar um apartamento no Tirol ou Petrópolis. Para fechar o negócio, a dupla seguiu até a sede do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-RN), que fica no bairro de Candelária em Natal, para fechar a compra.

Ageu do Nascimento Fernandes passou um cheque sem fundos para o corretor e quando se retirava do prédio foi preso pelos policiais civis. Na saída do Creci, o comparsa Diógenes Borges Barreto esperava Ageu e acabou sendo preso. Segundo investigações da Deicor, a dupla de estelionatários conseguiu dar outros golpes em corretores de imóveis da cidade de Caicó.

Rodoviários decidem por paralisação de advertência devido à onda de assaltos em Natal

Assaltos constantes infernizam a vida de motoristas e cobradores de ônibus em Natal. Foto: Via Certa

Assaltos constantes infernizam a vida de motoristas e cobradores de ônibus em Natal. Foto: Via Certa

Rodoviários decidiram cruzar os braços na tarde desta sexta-feira, em pelo menos cinco locais distintos em Natal. A alegação da categoria se deve aos constantes assaltos realizados dentro dos ônibus urbanos. Por enquanto, a paralisação é de advertência.

Os ônibus permaneceram estacionados até o final da tarde, nas proximidades do Viaduto do Baldo, na avenida Bernardo Vieira, perto do Midway Mall, e nos bairros da Redinha, Ribeira e Felipe Camarão.

Para se ter uma ideia, entre janeiro e fevereiro, o sindicato da categoria registrou pelo menos 35 roubos. O mais recente ocorreu nessa quarta-feira, na avenida Felizardo Moura, na zona Norte. Durante a ação, um passageiro reagiu e foi baleado, como também o bandido. O crime aconteceu dentro do coletivo que faz a linha 77 (Parque dos Coqueiros/Mirassol).

Dólar cai pelo 4º dia seguido e fecha em R$ 3,59, menor valor desde agosto

NA SEMANA A QUEDA DO DÓLAR FOI  DE 4,51%

NA SEMANA A QUEDA DO DÓLAR FOI DE 4,51%

O dólar fechou a semana em queda, encerrando a sexta-feira (11) abaixo de R$ 3,60 pela primeira vez desde agosto do ano passado, com o cenário político novamente sob o foco, após o Ministério Público de São Paulo pedir a prisão preventiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e antes das manifestações contra o governo e a favor do impeachment marcadas para o domingo (13).

A moeda norte-americana fechou em queda de 1,38%, vendida a R$ 3,591, renovando a mínima no ano e em mais de 6 meses.

A última vez que o dólar fechou abaixo de R$ 3,60 foi no dia 28 de agosto de 2015, quando foi cotado a R$ 3,5853.

Na semana, a queda acumulada foi de 4,51%. No mês, a desvalorização é de 10,3%. No ano, o dólar caiu 9,04%.

Fonte: G1 SP

Galeno Torquato destaca doação de terreno do Governo para a UERN em Mossoró

DEPUTADO ESTADUAL GALENO TORQUATO (PSD)

DEPUTADO ESTADUAL GALENO TORQUATO (PSD)

O deputado Galeno Torquato (PSD) enalteceu a doação de um terreno feita nesta quinta-feira (11) pelo Governo do Estado à Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), em Mossoró. A iniciativa atendeu a um pleito do parlamentar junto ao Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER/RN), a quem pertencia a área. O terreno servirá para a ampliação do ambulatório da Faculdade de Medicina da UERN.

“Trata-se de um dos compromissos do nosso mandato em relação à UERN e ao município de Mossoró. Estudantes de todo o Estado serão beneficiados com essa ação, em especial aqueles oriundos da região do Alto e Médio Oeste, Salineira e Vale do Assú. Os ambulatórios servirão de campo de estágio para os cursos de medicina, enfermagem e educação física”, comemora Galeno.

O parlamentar também ressaltou a instalação do Restaurante Popular nas dependências da UERN, inaugurado ontem, resultado de requerimento apresentado pelo deputado Galeno junto à secretária do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria. “Era uma reivindicação antiga dos estudantes que trará agora maiores benefícios aos alunos”, justifica.

Márcia define até domingo filiação ao PPS e diz que “está preparada” para disputar a sucessão de Carlos Eduardo

AAUNTO FOI TRATADO NA MANHÃ DE HOJE (11) EM REUNIÃO COM O PRESIDENTE ESTADUAL DO PARTIDO. (FOTO: SITE PPS)

ASSUNTO FOI TRATADO NA MANHÃ DE HOJE (11) EM REUNIÃO COM O PRESIDENTE ESTADUAL DO PARTIDO, O EX-DEPUTADO WOBER JUNIOR. (FOTO: SITE PPS)

A deputada estadual Márcia Maia (sem partido) confirmou ao BLOG DO FM na tarde desta sexta-feira (11) que até o próximo domingo irá definir, juntamente com a sua mãe, a vice-prefeita de Natal e ex-governador Wilma de Farias, se irá filiar-se ao PPS – assunto este que já foi tratado na manhã de hoje com o atual presidente da legenda, o ex-deputado Wober Júnior em reunião ocorrida na sede do partido.

A parlamentar foi mais além: caso se concretize a sua filiação e a da mãe ao PPS, ela deverá disputar a Prefeitura do Natal, encabeçando uma candidatura própria da legenda contra o prefeito Carlos Eduardo Alves.

“A propabilidade é grande, vou conversar com Wilma e definir tudo (a filiação) até domingo”, disse  Márcia, enfatizando, no entanto, que as chances são grandes de adotar o PPS. Caso passe a vestir as cores do PPS, a ex-governadora Wilma de Farias deverá assumir a presidência regional da legenda – posição que, segundo a Márcia Maia, já foi proposta pelo próprio Wober Junior.

Márcia Maia confirmou ainda que “está preparada” para disputar a sucessão de Carlos Eduardo Alves. “Eu toparia sim, e já conversei com Wober sobre isso. Estou preparada para tudo”, declarou.

De acordo com Márcia, caso o PPS lance uma candidatura própria, há uma grande possibilidade dela ser o nome que vai encarar a disputa pela prefeitura da capital potiguar.

CNBB emite nota sobre momento atual no Brasil e manifestações populares: “Devem ser pacíficas”

BISPOS REFORÇAM A NECESSIDADE DO DIÁLOGO E DO RESPEITO.

BISPOS REFORÇAM A NECESSIDADE DO DIÁLOGO E DO RESPEITO.

Na nota divulgada nesta quinta-feira (10), a CNBB mostra preocupação diante do atual momento em que vive o país, enfrentado uma crise política, econômica e institucion. Os Bispos conclamam cada pessoa a buscar solução para as dificuldades. Leia a nota na íntegra:

 

NOTA DA CNBB SOBRE O MOMENTO ATUAL DO BRASIL

“O fruto da justiça é semeado na paz, para aqueles que promovem a paz” (Tg 3,18)

Nós, bispos do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil–CNBB, reunidos em Brasília-DF, nos dias 8 a 10 de março de 2016, manifestamos preocupações diante do grave momento pelo qual passa o país e, por isso, queremos dizer uma palavra de discernimento. Como afirma o Papa Francisco, “ninguém pode exigir de nós que releguemos a religião a uma intimidade secreta das pessoas, sem qualquer influência na vida social e nacional, sem nos preocupar com a saúde das instituições da sociedade civil, sem nos pronunciar sobre os acontecimentos que interessam aos cidadãos” (EG, 183).

Vivemos uma profunda crise política, econômica e institucional que tem como pano de fundo a ausência de referenciais éticos e morais, pilares para a vida e organização de toda a sociedade. A busca de respostas pede discernimento, com serenidade e responsabilidade. Importante se faz reafirmar que qualquer solução que atenda à lógica do mercado e aos interesses partidários antes que às necessidades do povo, especialmente dos mais pobres, nega a ética e se desvia do caminho da justiça.

A superação da crise passa pela recusa sistemática de toda e qualquer corrupção, pelo incremento do desenvolvimento sustentável e pelo diálogo que resulte num compromisso entre os responsáveis pela administração dos poderes do Estado e a sociedade. É inadmissível alimentar a crise econômica com a atual crise política. O Congresso Nacional e os partidos políticos têm o dever ético de favorecer e fortificar a governabilidade.

As suspeitas de corrupção devem ser rigorosamente apuradas e julgadas pelas instâncias competentes. Isso garante a transparência e retoma o clima de credibilidade nacional. Reconhecemos a importância das investigações e seus desdobramentos. Também as instituições formadoras de opinião da sociedade têm papel importante na retomada do desenvolvimento, da justiça e da paz social.

O momento atual não é de acirrar ânimos. A situação exige o exercício do diálogo à exaustão. As manifestações populares são um direito democrático que deve ser assegurado a todos pelo Estado. Devem ser pacíficas, com o respeito às pessoas e instituições. É fundamental garantir o Estado democrático de direito.

Conclamamos a todos que zelem pela paz em suas atividades e em seus pronunciamentos. Cada pessoa é convocada a buscar soluções para as dificuldades que enfrentamos. Somos chamados ao diálogo para construir um país justo e fraterno.

Inspirem-nos, nesta hora, as palavras do Apóstolo Paulo: “trabalhai no vosso aperfeiçoamento, encorajai-vos, tende o mesmo sentir e pensar, vivei em paz, e o Deus do amor e da paz estará convosco” (2 Cor 13,11).

Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, continue intercedendo pela nossa nação!

 

Brasília, 10 de março de 2016.

Dom Sergio da Rocha                              Dom Murilo S. R. Krieger

Arcebispo de Brasília-DF                     Arcebispo de S. Salvador da Bahia-BA

Presidente da CNBB                         Vice-Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner

Bispo Auxiliar de Brasília-DF

Secretário-Geral da CNBB

Fórum analisa momento do sistema prisional no RN

DESDE QUE FOI DECRETADO A CALAMIDADE NO SISTEMA PRISIONAL DO RN, NÃO HOUVE MELHORIAS, AVALIA PROMOTOR. (FOTO: GOE)

DESDE QUE FOI DECRETADO A CALAMIDADE NO SISTEMA PRISIONAL DO RN, NÃO HOUVE MELHORIAS, AVALIA PROMOTOR. (FOTO: GOE)

Os integrantes do Fórum Permanente de Discussão do Sistema Prisional estiveram reunidos nesta sexta-feira (11), na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, para debater as 30 medidas necessárias de implementação no sistema prisional potiguar, que este mês completa um ano da entrega do documento ao Governo do Estado, e de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para viabilizar ações nesta área da segurança.
O 39º Promotor de Justiça, Antônio de Siqueira Cabral, que atua na tutela do sistema prisional no Estado, tratou junto aos representantes do Fórum e ao secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Cristiano Feitosa, de questionamentos acerca do sistema prisional do RN como, por exemplo, o sistema de cogestão nas unidades prisionais; sobre a contratação de Agentes Penitenciários; sobre a construção de novas vagas; sobre a reforma das unidades prisionais; sobre bloqueadores de celulares; sobre implantação de sistema de câmeras nas unidades prisionais com acompanhamento do CIOSP; sobre a reforma e transformação da Casa do Albergado em APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados).
Ele afirmou que não houve melhorias no sistema desde que foi decretado o estado de calamidade. “A situação se deteriorou”, analisou o promotor.  Para Antônio Siqueira, “o sistema está travado”.
Durante o encontro, ficou estabelecida a criação de uma “força tarefa” composta por integrantes das instituições que vão participar das decisões dos problemas atuais do sistema prisional. A nomeação desse grupo será feita pelo secretário de Justiça e Cidadania. Além disso,  o secretário e integrantes do Fórum vão a Macau conhecer o modelo de funcionamento da APAC para viabilizar outras unidades no RN.
Outro assunto da reunião foi possibilidade de uma Parceria Público-Privada para reforma de alguns Centros de Detenção Provisória (CDP) no estado. “Segunda-feira (14) vamos ter uma audiência com o governador para ‘destravar’ algumas coisas que estão paradas”, informou o promotor.
O Fórum se reuniu algumas vezes desde o ano passado tendo, inclusive, elaborado um diagnóstico dos problemas do sistema prisional do estado, entregue em audiência ao Governador do Estado, Robinson Faria. Em setembro passado, os integrantes divulgaram nota de repúdio para externar sua preocupação com a situação em que se encontrava o sistema prisional do Estado, que só se agravava por falta de investimentos e gestão deficitária.

Crispiniano Neto está proibido pela Justiça de participar da manifestação no próximo domingo (13)

PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO, CRISPINIANO NETO (PT)

PRESIDENTE DA FUNDAÇÃO JOSÉ AUGUSTO, CRISPINIANO NETO (PT)

A decisão foi do juiz Juiz Agenor Fernandes, e proíbe que o presidente da Fundação José Augusto, o petista Crispiniano Neto compareça a manifestação prevista para o próximo domingo , na praça cívica, em Natal. O juiz ainda determinou que Crispiniano se apresente no Quartel da Polícia Militar às 12h00 do domingo e permaneça lá até duas horas após o encerramento da manifestação.

Caso Crispiniano não compareça conforme foi determinado pela justiça, poderá ser expedido um mandado de condução coercitiva, sendo assim autorizado o uso da força policial.

A determinação da justiça acontece dias após o presidente da FJA fazer publicações nas redes sociais, convocando militantes à irem as ruas protestar contra o que ele chamou de “imprensa golpista”. Em uma das postagens, Crispiniano cita a expressão “virar e queimar carros da imprensa”.

O assunto ganhou grande repercussão na imprensa local, e entidades cobraram atitudes do Governo do Estado. Crispiniano emitiu nota admitindo que as postagens foram feitas ” acima de um tom normal”, mas justificou se tratar de um posicionamento pessoal que em nada interferia em seu trabalho como gestor público.

Crispiniano esta em viagem à Brasilia-DF, o BLOG DO FM tentou contato por telefone, mas ele não atendeu e até o momento não retornou à ligação.

Com informações do Tribuna do Norte

Segurança Pública define operação especial para manifestação de domingo em Natal

REPRESENTANTES DE ORGÃOS DE SEGURANÇA FEDERAL ESTADUL E MUNICIPAL ESTIVERAM REUNIDOS DURANTE A MANHÃ DE HOJE (11). (FOTO: ASSESSORIA/SESED)

REPRESENTANTES DE ORGÃOS DE SEGURANÇA FEDERAL ESTADUAL E MUNICIPAL ESTIVERAM REUNIDOS DURANTE A MANHÃ DE HOJE (11). (FOTO: ASSESSORIA/SESED)

 

O plano de segurança para manifestação popular prevista para ocorrer neste domingo (13), a partir das 15h, na Praça Cívica, em Natal, foi discutido nesta manhã (11), no Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), em Natal, com a presença de representantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Itep), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal, Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Cosern e da Prefeitura de Natal (Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Guarda Municipal e Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito Urbano).
O GGI-E será ativado durante todo o dia visando facilitar a comunicação entre os órgãos envolvidos na operação, além disso, um grande aparato de segurança, semelhante ao ocorrido nas manifestações de 2015, será implantado nesta ação visando garantir à ordem pública e um protesto pacífico. Um efetivo de cerca de 500 profissionais extras, entre agentes de segurança pública, trânsito e da Companhia Energética do RN, está sendo disponibilizado pelos governos Federal, Estadual e Municipal especialmente para o evento.
A Polícia Civil atuará com uma Delegacia Móvel completa, que funcionará nas proximidades do Colégio Atheneu, com delegados, agentes e escrivães. Além disso, equipes extras da Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) e profissionais velados do serviço de inteligência estarão circulando no evento. O funcionamento das delegacias de plantão Zona Norte e Sul ocorrerá normalmente. Ao todo, a Polícia Civil contará com 30 policiais envolvidos na operação.
A Polícia Militar e os Bombeiros contarão com diversas unidades operacionais distribuídas em pontos estratégicos do percurso. Somente a PM estará com um efetivo extra de 359 policiais, sendo deste total, 54 do Comando de Policia Rodoviária Estadual (CPRE) e os demais do Comando de Policiamento Metropolitano. Barreiras policiais serão montadas no perímetro da Praça Cívica, que envolve as avenidas Afonso Pena e Deodoro e as ruas Mipibú e Seridó, onde ocorrerão abordagens a veículos e pessoas em atitude suspeita. Já os bombeiros atuarão com cerca de 20 militares especializados no atendimento pré-hospitalar e combate a incêndio. Além disso, toda a tropa se manterá de sobreaviso para qualquer necessidade de acionamento imediato.
O Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) irá disponibilizar uma Plataforma de Observação Elevada (POE) que estará transmitindo imagens em tempo real para o Centro de Comando e Controle Móvel onde estarão os comandantes das unidades operacionais. O Itep terá um reforço nas áreas de identificação criminal, médico legista e perícias.
A PRF manterá, por cautela, uma equipe de prontidão na BR 101 e reforçará as barreiras de São José de Mipibú, Macaíba e São Gonçalo. A STTU ficará responsável pelo desvio dos fluxos de trânsito, principalmente relacionado ao itinerário dos ônibus.

Compartilhe