SELO BLOG FM (4)

Categoria: Cidades

Senai-RN e Neoenergia Cosern abrem seleção para 1ª turma de eletricistas mulheres em Natal; curso será gratuito

 DE ACORDO COM INFORMAÇÕES DIVULGADAS NO EDITAL, SERÃO OFERTADAS 27 VAGAS. FOTO: DIVULGAÇÃO

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Rio Grande do Norte (SENAI-RN) e a Neoenergia Cosern abrem, nesta quarta-feira (18), inscrições para a seleção do primeiro curso de eletricistas em Natal com vagas exclusivamente para mulheres.

O curso será oferecido de forma gratuita, no Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis (CTGAS-ER), do SENAI-RN – referência do SENAI no Brasil em educação profissional para o setor de energia, a cadeia produtiva do hidrogênio e as indústrias do gás.

As aulas terão início em agosto deste ano. As inscrições estão abertas no site do SENAI (clique aqui para acessar a página https://bit.ly/3w8rIB2).

Vagas

De acordo com informações divulgadas no edital, serão ofertadas 27 vagas.

O processo seletivo inclui provas de Português, Matemática e Redação, além de etapas com avaliação psicológica e entrevista técnica com as candidatas.

Para participar, é preciso ter no mínimo 18 anos, ensino médio completo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias B, C ou D.

Diversidade

O programa de capacitação é uma investida da Escola de Eletricistas, iniciativa da Neoenergia Cosern em parceria com o SENAI.

A expectativa com a ação é formar profissionais aptos/as a atuar como eletricistas no mercado de trabalho de forma geral ou como contratados/as para vagas na Neoenergia.

Atualmente, há predominância de homens nesse tipo de ocupação.

“O objetivo é ampliar a presença feminina na operação e incentivar a igualdade de gênero dentro da empresa, que já conta com 22 mulheres atuando como eletricistas de rede em todo estado”, ressalta Márcio Caires Vasconcelos, diretor presidente da Neoenergia Cosern.

Rodrigo Mello, diretor regional do SENAI-RN, do Instituto SENAI de Inovação em Energias Renováveis (ISI-ER) e do CTGAS-ER, observa que o programa está alinhado a estratégias do SENAI relacionadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que preveem, por exemplo, educação de qualidade, redução das desigualdades e igualdade de gênero.

“O desenvolvimento de uma sociedade”, frisa o diretor, “passa pela participação de todas as pessoas no processo de desenvolvimento econômico e o setor de energia, no qual a Neoenergia está inserida, tem sido um dos alavancadores do desenvolvimento do estado”.

“A iniciativa da Neoenergia junto com o SENAI, formando uma turma só de mulheres, é coerente com o momento que a gente vive e contribui, certamente, para que o desenvolvimento não passe apenas pela participação de alguns”, frisa.

A parceria entre a Neoenergia Cosern e o SENAI-RN para formação de eletricistas existe há cerca de cinco anos e já qualificou, até o momento, mais de 300 profissionais.

“Já havia a formação de mulheres, mas em turmas mistas – junto com homens”, explica Amora Vieira, assessora de mercado e projetos do SENAI-RN, que, no CTGAS-ER, tem liderado ações para promover a diversidade na instituição e em cursos como os de energia.

“Esse será o primeiro momento com uma turma exclusiva para elas, e isso acontece em meio a um movimento importante na indústria de energia, principalmente, com demanda crescente por profissionais do sexo feminino”, observa a executiva.

O curso de Eletricista de Rede de Distribuição será realizado no Hub de Inovação e Tecnologia do SENAI-RN, em Natal, complexo que sedia o CTGAS-ER.

O programa prevê aulas teóricas, em formato remoto, e atividades práticas presenciais em campos de postes, seguindo os protocolos de saúde e segurança.

No segundo semestre, está prevista a abertura de uma turma mista em Mossoró e, para essa nova turma, serão garantidas pelo menos 35% de vagas para mulheres.

“Esse é um curso com carga horária de 8 horas por dia, que será desenvolvido ao longo de seis meses com carga horária total de 480 horas. O objetivo é trazer a formação profissional de eletricista na perspectiva do que o mercado deseja”, acrescenta Vieira.

“O SENAI”,  segundo ela, “tem comunicado à sociedade que as profissões tecnológicas também podem ser exercidas por mulheres”. “Isso não quer dizer que esse público requer uma ação diferenciada no qualificar, no passar o aprendizado. Mas que há a expectativa de que as mulheres percebam uma oportunidade iminente, que elas podem decidir se querem seguir pela carreira tecnológica e ver o SENAI como uma instituição capaz de formar homens e mulheres para o mercado de trabalho”, acrescenta.

A Neoenergia foi pioneira no setor elétrico ao abrir turmas da Escola de Eletricistas exclusivas para mulheres. A iniciativa começou pelos estados da Bahia e de Pernambuco, e é reconhecida como exemplo global de um dos Princípios de Empoderamento das Mulheres pelo WeEmpower, programa da ONU Mulheres junto à Organização Internacional do Trabalho (OIT) e à União Europeia para estimular boas práticas das empresas. Atualmente, 15 turmas, com 374 alunos e alunas, estão em curso por meio da Escola de Eletricistas. Duas delas estão em andamento no RN, nos municípios de Natal e Mossoró.

Bolsonaro prepara nova visita ao Rio Grande do Norte, em junho

SE CONFIRMADA, ESTA SERÁ A 5ª VISITA DE BOLSONARO AO ESTADO ESTANDO NO CARGO. FOTO: CLAUBER CLEBER CAETANO / PR

Em clima de pré-campanha, o presidente Jair Bolsonaro (PL) deverá fazer uma nova visita ao Rio Grande do Norte no mês de junho.

De acordo com a assessoria do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o presidente da República prepara os detalhes da agenda e, em breve, vai divulgar a data exata da vinda e os municípios por onde ele passará. Há uma expectativa de que o presidente participe de um evento evangélico.

Se confirmada, esta será a 5ª visita de Bolsonaro enquanto presidente.

A primeira foi em agosto de 2020, quando ele esteve em Mossoró para a inauguração de casas populares e em Ipanguaçu para a cerimônia de ampliação do sistema de abastecimento de água. Na ocasião, o presidente também anunciou expansão de internet gratuita em comunidades e entregou títulos de regularização fundiária.

Em junho de 2021, o presidente voltou ao Estado, agora para uma visita técnica à Barragem de Oiticica, em Jucurutu.

A terceira visita foi em fevereiro de 2022, quando Bolsonaro voltou a inspecionar as obras da barragem de Oiticica e participou da cerimônia em Jardim de Piranhas que marcou a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco ao Rio Grande do Norte.

Por último, em março deste ano, o presidente esteve em Parnamirim para a cerimônia de inauguração da estação Cajupiranga do sistema de trens urbanos da CBTU na Grande Natal. A solenidade marcou a despedida de Rogério Marinho (PL) como ministro do Desenvolvimento Regional. O titular da pasta renunciou ao cargo para ficar apto a disputar as eleições para o Senado no Estado.

Portal 98 FM

Governo do RN regulamenta serviço disque-defesa para enfrentamento à LGBTfobia

A LEI É DE AUTORIA DE FÁTIMA BEZERRA QUANDO DEPUTADA ESTADUAL. FOTO: ASSECOM

No Dia Internacional de Enfrentamento à LGBTfobia, esta terça-feira (17), a governadora Fátima Bezerra assinou o decreto que Regulamenta a Lei Estadual nº 8.225, de 12 de agosto de 2002, que institui o serviço de disque-defesa de combate à violência contra a população LGBTQI+ no Estado do Rio Grande do Norte.

A Lei é de autoria de Fátima Bezerra quando deputada estadual. O Decreto disciplina o objeto e o âmbito de aplicação da Lei, conceituação interna, acompanhamento e atendimento, órgão executor das ações, a Rede Estadual de Proteção e Enfrentamento à LGBTfobia, medidas de monitoramento, avaliação e divulgação. A regulamentação contribui para a ampliação dos canais de denúncias sobre violências e violações de direitos contra a população LGBTI+ no RN e fortalece a produção de dados e indicadores referentes à LGBTfobia.

“Esta Lei, que é de minha autoria como deputada estadual, regulamenta o funcionamento do serviço para proteção dos direitos da população LGBTQI+. Aqui cabe perguntar: por que esse tempo todo, 20 anos, sem regulamentação? Esta é uma pauta de defesa de direitos, de proteção. Quantos governos passaram nestes 20 anos? O que se põe por trás disso?, devemos perguntar. E tem outras leis que vamos também fazer sair do papel, com muita discussão séria e responsável. Hoje temos violações de direitos que não dialogam com o mundo civilizado. Vemos isso se agravar nos últimos anos. Mas aqui tomamos iniciativas como esta para avançarmos. Em nosso governo avançamos no fortalecimento do sistema de segurança pública e estamos conseguindo reduzir a violência”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Ela confirmou que o Governo do Estado trabalha em projeto de Lei para criar o Departamento de Proteção à Pessoa com Vulnerabilidade (DPPV), que funcionará no âmbito da Polícia Civil para tratar dos crimes de intolerância. “Será mais uma frente de proteção a quem precisa, assim como estamos instalando novas delegacias de proteção à mulher em todo o Estado”, disse, para enfatizar que o atual governo incorporou 1.300 novos policiais militares, e está realizando concurso público para contratar 400 delegados, agentes e escrivães para a Polícia Civil. “O Estado passou 15 anos sem contratar policiais militares e 12 anos sem contratar policiais civis. Nossa gestão trabalha com planejamento, estamos superando as dificuldades e investindo, isso é fundamental para reduzirmos a violência como estamos fazendo. O Rio Grande do Norte é território onde o Governo não abaixa a cabeça, inclusive para a homofobia”, pontuou a Governadora.

A secretária estadual da Mulher, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semjidh), Maria Luíza Tonelli, destacou “a iniciativa da atual administração em criar a pasta que tem forte caráter social e foco na defesa de direitos. Lutamos contra a discriminação e preconceitos que afetam muitos segmentos sociais. Por orientação da governadora, fazemos um amplo trabalho para proteger e promover a cidadania de segmentos antes esquecidos”.

A coordenadora de diversidade sexual e de gênero da Semjidh, Janaína Lima disse que “a regulamentação é pauta que as organizações sociais vinham cobrando. Este Decreto é fruto do trabalho coletivo de vários órgãos do governo e representações sociais. É mais atenção no enfrentamento à discriminação”.

Representando o Ministério Público Estadual, a promotora de justiça Daniela Veras, ressaltou a importância da regulamentação e disse que a instituição está à disposição para fazer encaminhamentos e atuar sempre que necessário.

O SERVIÇO

O Disque Defesa LGBTI+ é fruto do trabalho desenvolvido pelo GTE – Grupo de Trabalho Especial em parceria com o Conselho Estadual de Políticas Públicas LGBTI+ e do Comitê Estadual Intersetorial de Enfrentamento à LGBTfobia do RN. O serviço é coordenado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), por intermédio da Coordenadoria da Defesa da Mulher e das Minorias (CODIMM), e funciona no sistema de ligação gratuita, por meio do número 0800-281-1314, todos os dias do ano, durante 24 horas.

Também participaram do ato, no auditório da governadoria, o vice-governador Antenor Roberto; secretários de Estado Francisco Araújo (Sesed), Daniel Cabral (Comunicação); secretária adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista; subsecretária do GAC, Laíssa Costa;  assessora da vice-governadoria, Armelli Brenand; delegada geral da Polícia Civil, Ana Claúdia Saraiva; subsecretário da Juventude da Semjidh, Gabriel Medeiros; coordenadora da CODIMM, Margareth Gondim; vereadoras em Natal Divaneide Basílio, Brissa Brachi e Júlia Arruda; vereadora em Carnaúba dos Dantas, Thábata Pimenta; presidente e vice-presidente do Conselho Estadual de Políticas Públicas LGBTQI+, Vanja Celine e Wilson Dantas;  representante do grupo Habeas Corpus Potiguar, Antonio Rosa, do Conselho Estadual Intersetorial de Enfrentamento à LGBTfobia, Ingrid de Assis,  e representante da deputada federal Natália Bonavides.

Natal discute ações de prevenção e combate a desastres naturais com equipe da ONU

REUNIÃO CONTOU COM ASSESSOR TÉCNICO DA ONU, CLÉMENT DA CRUZ, JUNTO AO PROGRAMA MCR2030. FOTO: ALEX RÉGIS

Em reunião realizada nesta terça-feira (17) no salão nobre do Palácio Felipe Camarão, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, recebeu o assessor técnico de Resiliência Urbana do escritório da ONU, Clément da Cruz, e a ex-reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN),  Ângela Paiva, para discutir as próximas etapas da parceria entre as instituições que estão inseridas no programa da Organização das Nações Unidades (ONU) de Cidades Resilientes, o MCR2030, organizado pelo Escritório da ONU para a Redução de Riscos de Desastres. A ideia da iniciativa é fortalecer e consolidar as políticas públicas voltadas à prevenção, combate e mitigação de danos a desastres naturais.

Em 2021, Natal aderiu ao programa de Cidades Resilientes que tem como principal objetivo estimular as cidades a conhecer, planejar e implementar ações que as permitam se tornar capazes de suportar contextos de estresse para as suas estruturas, de modo a manterem o desenvolvimento sustentável e a segurança das populações. Antes da iniciativa de integrar o programa, contando com a parceria de entidades externas ao Município, a cidade já trabalhava suas metas, com ações localizadas.

“Temos atuado muito para prevenir e combater os desastres em nosso município. Precisamos trabalhar para proteger a nossa população. Aderir ao programa da ONU ajudou a acelerar os processos que já estamos implementando. Vamos avançar ainda mais nesse aspecto, concluindo os projetos de drenagem que estão sendo executados, inclusive retomando a obra do Túnel de Macrodrenagem da Arena das Dunas, reforçando a integração entre as nossas secretarias, fortalecendo a nossa Defesa Civil e investindo na capacitação dos nossos servidores para oferecer uma resposta mais rápida, eficiente e ágil caso seja necessário”, destacou o prefeito Álvaro Dias.

O chefe do executivo municipal aproveitou a oportunidade para elencar algumas ações feitas pela gestão relacionadas ao tema como: a elaboração do Plano de Contingência 2019-2020, que contou com o envolvimento e a integração de diferentes órgãos da Prefeitura do Natal. Outra iniciativa que mereceu destaque foi a criação do Gabinete de Gerenciamento de Crise, com foco no acompanhamento das condições climáticas e rápidas resoluções, acionado sempre que ocorrem eventos que ultrapassem a capacidade de resposta das secretarias individualmente. Esse gabinete foi fundamental para a contenção dos danos causados pelas fortes chuvas que caíram sobre Natal no último dia 06 de março quando os pluviômetros captaram mais de 200 milímetros de chuvas em um curto espaço de tempo, gerando mais de 330 ocorrências registradas pela Defesa Civil Municipal.

Além disso, a Prefeitura acrescentou, de maneira inovadora, ao projeto de revisão do Plano Diretor de Natal um capítulo específico para essa questão de prevenção de desastres, aprovando a criação do conselho municipal e do fundo municipal de áreas de risco. A nova legislação urbana também avançou na definição das áreas da cidade onde existe a maior possibilidade de ocorrer inundação, zonas com estrutura de solo frágil e regiões próximas a redes de alta tensão.

Nesta quarta-feira (18), no auditório da sede do Instituto Metrópole Digital (IMD), trinta servidores de diversas secretarias municipais irão passar por uma capacitação ministrada pela equipe da ONU que vai orientar os técnicos locais a respeito da atual capacidade existente: “O que vi e ouvi me deixou muito contente e esperançoso. Natal realizou um trabalho muito profícuo e merece nosso reconhecimento. Esse trabalho em conjunto é fundamental para a nossa proposta de prevenção”, ressaltou Clément da Cruz.

TRE-RN aprova voto de pesar pelo falecimento da juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira

A MAGISTRADA ATUAVA COMO JUÍZA DE DIREITO E ELEITORAL NO RN. FOTO: REPRODUÇÃO

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) aprovou voto de pesar pelo falecimento de Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, juíza eleitoral de Martins/RN.

A proposição do voto de pesar foi realizada pelo presidente do TRE-RN, desembargador Gilson Barbosa, durante a sessão plenária desta terça-feira (17).

O corregedor regional eleitoral, desembargador Claudio Santos, também propôs voto de pesar para os familiares da magistrada.

O colegiado do TRE-RN aprovou, à unanimidade, as duas proposições.

A magistrada era natural de Barra de Santana, na Paraíba, e atuava como juíza de Direito e Eleitoral no Rio Grande do Norte.

Nota de Pesar

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte lamenta a morte da juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, 47 anos, ocorrida no Estado do Pará.

A magistrada era natural de Barra de Santana, na Paraíba, mas atuava como juíza de Direito e Eleitoral no Estado. Era titular da 38ª Zona Eleitoral, cuja sede é Martins.

A Justiça do Eleitoral do RN se solidariza com familiares e amigos da magistrada.

A Polícia do Pará investiga as circunstâncias da morte da magistrada.

Gestão do Assú trabalha em demandas do Parati 2000

O PREFEITO GUSTAVO SOARES E A VICE-PREFEITA FABIELE BEZERRA RECEBERAM A PAUTA DOS PARTICIPANTES. FOTO: DIVULGAÇÃO

O diferencial de uma gestão participativa e que está presente nas comunidades pode ser vista pela gestão da Prefeitura do Assú. Nesta terça-feira (17), o executivo assuense se reuniu com representantes do bairro Parati 2000, na Escola Municipal Maria Neuda, para ouvir as demandas da comunidade e buscar soluções junto à população.

O prefeito Gustavo Soares e a vice-prefeita Fabiele Bezerra receberam a pauta dos participantes do encontro que trataram sobre a saúde pública do bairro, além da prestação de serviços da Secretaria de Serviços Públicos e o andamento das obras públicas da localidade.

Os chefes do executivo receberam a pauta da população e darão seguimento junto à administração pública para atender todas as demandas apontadas. Também estiveram presentes na ocasião: Alderlan Lenilson (serviços públicos), Marcelo Galvão (meio ambiente) e Jhéssica Marques (obras) e a enfermeira Micaelly Suysila, representando a saúde.

São Gonçalo abre mais uma turma para curso de Instalador de Placas Solares

AS AULAS INICIAM NO PRÓXIMO DIA 06 DE JUNHO E SEGUEM ATÉ A PRIMEIRA QUINZENA DE SETEMBRO. FOTO: DIVULGAÇÃO

A Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Amarante/RN, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Semtasc), vai abrir mais uma turma do curso de Instalador de Placas Solares (energia solar), uma parceria com o campus local do IFRN.

As inscrições serão realizadas na sede da Semtasc, no Centro, de 19 a 20 de maio, das 8h às 12h, e das 13h às 14h. Os documentos necessários são: RG, CPF, comprovante de residência e de escolaridade, carteira reservista (para pessoas do sexo masculino), NIS, uma foto 3 x4, dados bancários e comprovante vacinal contra a Covid-19.

Serão disponibilizadas 23 vagas. Os interessados devem ter mais de 18 anos e possuir nível fundamental I completo. Será dado um auxílio de R$10 por dia, durante todo período do curso, a cada participante.

As aulas iniciam no próximo dia 06 de junho e seguem até a primeira quinzena de setembro, no prédio do IFRN, das 18h40 às 22h.

STTU prossegue com ações educativas em alusão ao Maio Amarelo

AÇÕES DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO FORAM INTENSIFICADAS NAS RUAS DE NATAL. FOTO: DIVULGAÇÃO

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, prossegue com uma série de ações voltadas ao Maio Amarelo. Nesta semana, através da parceria com o Programa Vida no Trânsito (PVT), estão sendo realizadas diversas ações na cidade como a blitz educativa em alusão ao movimento internacional de combate a violência no trânsito.

A programação vai até o final do mês e nesta semana prevê inserções educativas nas avenidas Hermes da Fonseca, Odilon Gomes de Lima, Lima e Silva e rua dos Potiguares, além do estacionamento do shopping Midway.

Outra importante ação que está acontecendo é o Curso de Qualidade no Atendimento voltado para os operadores de táxis. A capacitação tem como objetivo garantir aos taxistas e permissionários a aquisição de conhecimentos sobre atitudes de educação, comportamentos éticos e seguros no trânsito, padronização de ações, aprimorando assim o serviço oferecido à população.

Entre o conteúdo programático do curso, estão sendo tratados temas como: relações humanas; condições físicas e emocionais; ergonomia no trabalho e motivação profissional e a imagem do taxista na sociedade; A capacitação destaca também o combate à exploração sexual infantojuvenil; a segurança no transporte dos usuários em geral; responsabilidade civil e criminal no trânsito; comportamento solidário no trânsito; ética e cidadania no Trânsito; normas do órgão autorizatário – Lei Nº 5.022 (Sistema de Transporte Público); direção defensiva; primeiros socorros e mecânica básica e elétrica básica.