SELO BLOG FM (4)

Categoria: Brasil

Mulher se joga do quinto andar de prédio de luxo em Salvador para fugir de agressões

FOTO: DIVULGAÇÃO

Uma mulher de 27 anos se jogou do quinto andar de um apartamento, diante do desespero de ser agredida pelo companheiro. O caso aconteceu dentro de um condomínio de luxo na Avenida Paralela, em Salvador, na tarde de domingo (9).

Por meio de nota enviada à CNN nesta segunda-feira (10), as Polícias Militar e Civil da Bahia confirmaram toda a situação.

O suspeito, que não foi identificado, tem 39 anos e foi contido, inicialmente, pelos próprios moradores. Ao chegar no local, a Polícia Militar prendeu o agressor em flagrante e o encaminhou até a delegacia.

Uma equipe da 82ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) foi acionada com a denúncia de que uma mulher havia sido agredida por um homem no condomínio. Quando os PMs chegaram, a vítima já estava sendo socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ela está internada em uma unidade de saúde, mas não há detalhes sobre o estado dela.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) da Casa da Mulher Brasileira, que vai conduzir a investigação.

Denúncia

Casos suspeitos de agressão pode ser denunciados através do DISQUE DENÚNCIA, no número 181.

CNN

‘Obra de Deus’: evangélica, “mulher barbada” se recusa a tirar os pelos do rosto

FOTO: REPRODUÇÃO

Nas últimas semanas, se popularizou na web a história de Maria da Conceição Gomes da Silva, a empregada doméstica que deixou a barba crescer. A alagoana se identifica como “Barbudinha” nas redes sociais e, de acordo com ela, o excesso de pelos faciais é causado por um problema genético. A evangélica também contou que o marido já pediu para que raspasse o rosto, mas ela não quer por acreditar que tudo isso é uma “Obra de Deus”.

A história da “mulher barbada” se popularizou tanto nas redes sociais, que acabou concedendo entrevistas a alguns jornais importantes. De acordo com a evangélica, ela começou a perceber o nascimento de pelos no rosto quando ainda era adolescente e aos 13 anos de idade começou a se barbear com a ajuda da mãe. “Uma tia tinha [barba], ela raspava também. Eu sei que isso é genético e que de alguma forma eu acabei herdando. Quando minha mãe notou os primeiros pelos no meu rosto, começou a me barbear. Ela tinha muito medo do preconceito das pessoas, que rissem de mim”, Maria da Conceição contou ao g1.

Já em um outro vídeo divulgado no perfil da “mulher barbada” nas redes sociais, Maria da Conceição se mostrou decidida sobre não tirar os pelos faciais e contou que somente uma pessoa poderia convencê-la disso. “Eu moro com o meu marido há 17 anos, sou casada, ele sempre mandou eu tirar e não é ele e nem homem nenhum, nem mulher nenhuma, que vai fazer eu tirar a minha barba. De jeito nenhum, porque isso aqui foi a obra que Deus fez na minha vida e jamais eu vou tirar. Só Deus é quem faz eu tirar”, afirmou a “Barbudinha”.

Durante uma entrevista ao “Balanço Geral”, da Record, Maria da Conceição também contou que vem deixando a barba crescer há cerca de sete meses. “Eu me libertei de um peso, de uma cruz que eu estava carregando há muito tempo. Eu estou livre, leve e solta”, a alagoana contou, visivelmente satisfeita com a decisão que tomou. De acordo com a “mulher barbada”, ela chegou a procurar ajuda médica e descobriu que o excesso de testosterona no organismo dela causa o nascimento da barba. Isso também fez com que a mulher de 47 anos tivesse dificuldades de engravidar, além da falta da menstruação. Após conversar com o profissional, a alagoana já começou a fazer um tratamento hormonal, mas os pelos faciais continuam crescendo.

iG

STF mantém suspensão de leis que proíbem linguagem neutra nas escolas

FOTO: ILUSTRAÇÃO

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta segunda-feira (10) maioria de votos para manter suspensas duas leis que impediram o ensino de linguagem neutra nas escolas públicas e privadas dos municípios de Águas Lindas (GO) e Ibirité (MG).

As suspensões foram efetivadas em decisões individuais proferidas no mês passado pelo ministro Alexandre de Moraes. A maioria de votos foi obtida durante julgamento virtual.

O ministro entendeu que municípios não podem legislar sobre normas educacionais, conteúdos curriculares e metodologias de ensino. Para Moraes, somente o Congresso Nacional pode tratar da matéria.

“A proibição de divulgação de conteúdos na atividade de ensino em estabelecimentos educacionais, nos moldes efetivados pela lei municipal impugnada, implica ingerência explícita do Poder Legislativo municipal no currículo pedagógico ministrado por instituições de ensino vinculadas ao Sistema Nacional de Educação e, consequentemente, submetidas à disciplina da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional”, decidiu o ministro.

As leis foram contestadas pela Aliança Nacional LGBTI+ e pela Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas (ABRAFH).

Agência Brasil

Deputado solicita CPI para investigar compra suspeita de arroz pelo governo Lula

FOTO: DIVULGAÇÃO

Empresas sem histórico na venda de arroz realizaram transações suspeitas, levando o deputado federal Luciano Zucco (Republicanos-RS) a solicitar a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a compra de 263,3 mil toneladas de arroz pelo governo Lula. Entre as vencedoras do leilão está a Wisley A. de Sousa LTDA, uma loja de laticínios do Amapá, encarregada de entregar 147,3 mil toneladas do produto, em um negócio de mais de 736 milhões de reais, levantando dúvidas devido à falta de informações sobre a empresa.

Outro caso questionável envolve um empresário de Brasília, anteriormente envolvido em subornos, representando a ASR Locação de Veículos e Máquinas. Cerca de 100 parlamentares já apoiam a CPI, que precisa de 171 assinaturas para ser instalada. Legisladores também pediram à Procuradoria-Geral da República para investigar possíveis irregularidades no processo de aquisição. A compra de arroz foi uma medida do governo federal para regular o mercado, apesar de produtores afirmarem que não há risco de desabastecimento no Brasil.

Com informações do Contra Fatos

STF paga diárias para juízes de Brasília trabalharem em… Brasília

FOTO: DIVULGAÇÃO

Juízes de Brasília que trabalham em gabinetes de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) engrossam o salário em mais de R$10 mil sob justificativa de ser pagamentos de diárias, bancadas pelo STF, penduricalho para cobrir custos de profissionais que trabalham fora do estado de origem.

Os juízes auxiliares são do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), tribunal local do DF. A distância entre a sede do TJDFT e o STF é de cerca de 5,5km.

Ao jornal Estadão, o Supremo diz que os pagamentos são justificados pois os magistrados estão “fora de sua jurisdição”. Com isso, os salários que já superam os R$40 mil ganharam um adicional de R$10.653,50.

“Os juízes com jurisdição no Distrito Federal também têm direito a diárias porque, ao trabalhar no STF, estão atuando fora de sua jurisdição de origem, nos termos da Loman [Lei Orgânica da Magistratura Nacional]”, diz a nota.

Diário do Poder

Em meio a greve, Lula anuncia PAC de R$ 5,5 bi para Educação

FOTO: DIVULGAÇÃO

Após reunião com reitores das universidades e institutos federais (IFs), o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou R$ 5,5 bilhões em investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para universidades e hospitais universitários.

O encontro, nesta segunda-feira (10/6) no Palácio do Planalto, ocorre em meio à greve dos professores universitários, com mais de 50 dias, e dos técnicos-administrativos, que beira 90 dias. O ministro da Educação, Camilo Santana, fez o anúncio ao lado de Lula.

O investimento será dividido desta forma:

  • R$ 3,7 bilhões em consolidação;
  • R$ 1,75 bilhões em hospitais universitários;
  • R$ 600 milhões em expansão.

Para a consolidação, o governo federal prevê 338 pelo Brasil e com o custo de R$ 3,171 milhões. Foram anunciados ainda 10 novos campi estudantis, em cinco regiões. Já para a área da saúde, serão 37 obras em 31 hospitais para ensino e atendimento à população.

Segundo Santana, o objetivo da conversa com os reitores era ouvir as principais demandas deles, para “consolidar os câmpus existentes, que não tinham prédio, restaurante universitário, laboratório”.

A expectativa era de anúncios para pôr fim às paralisações, justamente com a promessa de investimento pelo PAC. As principais demandas dos grevistas são reajuste nos salários para este ano, reestruturação de carreiras e mais projetos para as instituições.

Estão também presentes na reunião os ministros Esther Dweck (Gestão), Luciana Santos (Ciência, Tecnologia e Inovação) e Rui Costa (Casa Civil).

Metrópoles

Gustavo Gayer diz que Lula faz com o Nordeste o que Stalin fez com uma galinha; entenda

FOTO: REPRODUÇÃO

O deputado federal Gustavo Gayer (PL-GO) afirmou que o governo federal fornece apenas “migalhas” aos estados do Nordeste. Ele mencionou, por exemplo, a destinação do Bolsa Família para a região. Essa declaração foi feita em 24 de maio, mas ganhou destaque nas redes sociais no último domingo (9/6).

Gayer utilizou uma parábola para ilustrar sua posição, comparando-a ao ex-primeiro-ministro da União Soviética, Josef Stalin, que teria depenado uma galinha, mas conquistado sua confiança ao oferecer migalhas. Segundo o político, essa seria a abordagem da esquerda em relação ao Brasil.

“Estão dando migalhas a uma população cada vez mais desfavorecida”, declarou o deputado ao se referir ao Nordeste.

Gustavo Gayer participou de um evento que discutiu os impactos do Projeto de Lei Complementar (PLP) 235/2019, que propõe a criação do Sistema Nacional de Educação (SNE). O deputado manifestou-se contrário à proposta.

O evento foi transmitido pela Assembleia Legislativa da Bahia.

Gayer é pré-candidato à prefeitura de Goiânia, capital de Goiás, e na Câmara dos Deputados tem se posicionado fortemente contra o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), especialmente em questões relacionadas aos costumes.

Terra Brasil Notícias

Marqueteiros do PT instruem candidatos às prefeituras a “nacionalizar” campanha e incluírem “Deus” e “família” em discursos

FOTO: REPRODUÇÃO

Buscando reverter a queda de popularidade do presidente Lula, a equipe de comunicação do Palácio do Planalto e os estrategistas do PT têm se esforçado desde o início do ano para desenvolver estratégias eficazes. Pesquisas indicam que a desaprovação ao governo supera a aprovação, mas para os membros do PT, esses números podem não representar uma insatisfação real, e sim um cansaço diante das dificuldades em combater adversários políticos online. As informações são destacadas na matéria publicada pela Veja neste domingo (9).

A Fundação Perseu Abramo, vinculada ao partido, lançou um curso com o objetivo de capacitar militantes e candidatos a cargos eletivos em técnicas de comunicação digital, abordando desde a disseminação de conteúdo até o combate às fake news.

Contrariando a ideia de que as eleições municipais são menos afetadas por questões nacionais, o PT planeja incentivar seus candidatos a nacionalizar os debates, enfatizando as realizações do governo federal. João Brant, secretário nacional de Políticas Digitais da Secom, destacou a importância de integrar a agenda nacional à municipal. A estratégia visa explicitamente fortalecer a posição do partido nas eleições.

Lembrando a vitória apertada de Lula sobre Bolsonaro em 2022, Brant e Brunna Rosa, secretária nacional de Estratégia e Redes da Secom, enfatizaram a necessidade de uma nova postura dos ativistas de esquerda para assegurar a reeleição em 2026. Eles sugerem que os candidatos abordem temas universais como a família em suas campanhas, um valor que transcende as divisões políticas.

Profissionais de marketing político enfrentam o desafio de orientar candidatos a se conectarem com os eleitores sem perder a autenticidade. Recentemente, o presidente Lula adotou uma abordagem que inclui valores familiares e religiosos em seus discursos, buscando alinhar-se com as preocupações da maioria da população. Paulo Baía, professor de ciência política, observa essa mudança como uma tentativa de Lula de melhorar seu desempenho eleitoral. Em uma visita ao Nordeste, Lula utilizou essa nova retórica, mencionando Deus e família, e criticou o uso indevido desses conceitos por seus opositores políticos. Essa aproximação do discurso do PT ao conservadorismo de Bolsonaro é notável, faltando apenas a inclusão do termo “pátria” para completar a similaridade.

Terra Brasil Notícias