SELO BLOG FM (4)

Categoria: Brasil

Carlos Bolsonaro diz que seu irmão Eduardo é “babaca” após publicação sobre atentado contra Trump

FOTO: DIVULGAÇÃO

A tentativa de assassinato do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desencadeou uma série de reações políticas. O incidente, ocorrido durante um comício na Pensilvânia, levou à emergência de posições controversas dentro do próprio campo político dos Bolsonaro no Brasil.

A situação ganhou um contorno ainda mais complexo com a divergência entre os irmãos Bolsonaro. Carlos Bolsonaro chamou de “babacas” aqueles que dizem que o atentado condecorou a vitória de Trump nas eleições presidenciais, referindo-se indiretamente ao seu irmão Eduardo, que defendeu a eleição de Trump como um desfecho inevitável após o atentado.

Eduardo Bolsonaro foi rápido em associar o ataque ao seu pai, Jair Bolsonaro, durante a campanha de 2018, mostrando uma convicção de que tais eventos fortalecem políticamente os visados. Ele postou nas redes sociais que o atentado, de certa forma, garantiria a reeleição de Trump, citando a própria experiência familiar com situações semelhantes.

https://twitter.com/BolsonaroSP/status/1812299895589466301

Reação de Carlos Bolsonaro ao comentário do irmão

Carlos Bolsonaro, por sua vez, criticou a postura de considerar o atentado como uma ferramenta eleitoral. Em um post nas redes sociais, ele expressou desapontamento com a falta de sensibilidade de alguns ao tratarem do incidente, sem mencionar diretamente seu irmão, mas claramente direcionando a crítica a ele e a outros que compartilham dessa visão.

Detalhes do atentado contra Donald Trump

O atentado ocorreu na cidade de Butler, Pensilvânia. Thomas Matthew Crooks, o atirador identificado pelo FBI, estava estrategicamente posicionado no telhado de uma fábrica próxima ao local do comício. Armado com um fuzil AR, Crooks conseguiu atingir Trump, que sofreu ferimentos leves.

Informações preliminares indicam que Crooks tinha apenas 20 anos e já era filiado ao Partido Republicano desde 2021. Após o ataque, foi neutralizado pelo Serviço Secreto. Até o momento, os motivos que levaram Crooks a cometer tal ato ainda estão sendo investigados, com poucos detalhes divulgados pelas autoridades.

A reação ao incidente expõe as tensões dentro de famílias políticas e destaca a divisão de opiniões sobre como eventos trágicos são percebidos e explorados politicamente. Enquanto alguns veem como um catalisador para solidarizar apoio, outros criticam a mercantilização da violência política. Independentemente das perspectivas, o pano de fundo traz à tona a complexidade das respostas humanas em face de eventos dramáticos.

Terra Brasil Notícias

Lançadas em 1994, primeiras notas de real vão parar de circular

FOTO: ILUSTRAÇÃO

O Banco Central (BC) orientou que as cédulas (ou notas) da primeira família do real, lançadas em 1994, sejam retidas pelos bancos e substituídas pelas cédulas mais novas, da segunda família, lançadas em 2010.

A primeira família é composta por notas nos valores de R$ 1, R$ 5, R$ 10, R$ 50 e R$ 100, incluindo a cédula comemorativa de R$ 10 alusiva aos 500 Anos do Descobrimento do Brasil. Essas notas não são mais produzidas, apesar de ainda serem aceitas em todo o território nacional.

Uma instrução normativa do BC publicada na última quarta-feira (10/7) determinou que, quando do recebimento, as instituições financeiras deverão encaminhar esse grupo de cédulas antigas à autoridade monetária para serem substituídas por notas novas.

“Considerando o tempo de vida útil destas cédulas, é de se supor que suas condições físicas não estejam adequadas à circulação”, diz o BC, em nota. O Plano Real acabou de completar 30 anos em 1º de julho.

A ideia é que, gradativamente, as notas da segunda família se tornem predominantes no país. Ainda não há prazo para retirada de circulação de notas da primeira família.

“Importante salientar que essas notas permanecem com o seu poder de compra, e a população pode continuar utilizando-as normalmente nas suas transações diárias, tanto para pagamentos como recebimentos”, enfatiza a autoridade monetária.

Segundo o BC, as cédulas da primeira família ainda representam 3% do total circulante.

Cédulas desgastadas e em mau estado também dificultam o reconhecimento de seus elementos de segurança por parte da população e também dificultam operações de equipamentos bancários que utilizam cédulas (caixas eletrônicos, máquinas contadoras ou selecionadoras e outros).

O design das cédulas da primeira família do real é o seguinte:

  • R$ 1: beija-flor alimentando filhotes em um ninho (na cor verde);
  • R$ 5: garça (na cor violeta);
  • R$ 10: arara (na cor carmim);
  • R$ 50: onça-pintada (na cor marrom);
  • R$ 100: garoupa (na cor azul-turquesa).

Há ainda a cédula comemorativa de R$ 10, lançada no ano 2000, que não apresenta nenhum animal da fauna brasileira, mas a efígie de Pedro Álvares Cabral, navegador português que descobriu o Brasil em 22 de abril de 1500.

Metrópoles

FAZ O L: Eletrobras deve se tornar sócia dos Batista em distribuidora de energia

FOTO: DIVULGAÇÃO

A Eletrobras deve se tornar sócia dos irmãos Joesley e Wesley Batista na Amazonas Energia, distribuidora que foi favorecida por uma medida provisória (MP) do ministério de Minas e Energia.

A Âmbar, braço da holding J&F no setor de energia, apresentou nesta sexta-feira proposta à Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para adquirir a Amazonas Energia.

Há pouco mais de um mês, a Âmbar já havia comprado um grupo de térmicas da Eletrobras na região norte por R$ 4,7 bilhões. Essas térmicas fornecem energia para a Amazonas Energia.

A Amazonas Energia deve quase R$ 10 bilhões à Eletrobras por causa de energia adquirida dessas térmicas que nunca foi paga. Na época da compra das térmicas, o contrato previu que essa dívida poderia ser transformada em participação acionária na nova empresa saneada.

Segundo apurou a coluna, a participação acionária da Eletrobras no negócio deve chegar a 30%, mas a companhia só deve efetivamente se tornar sócia depois que a distribuidora for saneada pelos Batista.

A possibilidade de transformar a dívida em participação acionária era necessária para a Eletrobras defender os seus acionistas e cobrar de alguma forma essa dívida bilionária do novo dono da Amazonas Energia.

Já para a Âmbar, dois fatores facilitaram a aquisição da Amazonas Energia: a medida provisória editada pelo governo, que permitiu uma série de flexibilizações nas obrigações da distribuidora junto aos órgãos reguladores, e também o acordo com a Eletrobras, que livra a distribuidora da dívida bilionária.

Com informações do UOL

‘Tsunami de direita’ atinge capitais brasileiras; Datafolha divulga números surpreendentes

FOTO: DIVULGAÇÃO

Às esperas das eleições de outubro, a paisagem política de quatro importantes capitais brasileiras foi mapeada pelo instituto Datafolha, mostrando uma predominância de eleitores de direita sobre os de esquerda.

As cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife foram mapeados levantamento, que utilizou uma escala de 1 a 7 para classificar o espectro político dos entrevistados, sendo 1 mais à esquerda e 7 mais à direita.

Receba notícias do Conexão Política em tempo real no seu WhatsApp

São Paulo

Na capital paulista, 26% dos eleitores se identificam como de direita, enquanto 20% se consideram de esquerda. O centro político atraiu 24% dos entrevistados.

A pesquisa realizada entre os dias 2 e 4 de julho, com 1.092 eleitores, apresenta uma margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos e está registrada sob o número SP-001178/2024 na Justiça Eleitoral.

Leia também

Bolsonaro planeja visitar 6 cidades do Rio de Janeiro na próxima semana

Governo Lula é visto em cenário de crise, com Milei acirrando briga e cenário vermelho na diplomacia sendo ampliado

Direita: 26%

Centro: 24%

Esquerda: 20%

Centro-esquerda: 11%

Centro-direita: 10%

Não sabem: 8%

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, a diferença entre os eleitores de direita (26%) e esquerda (19%) é ligeiramente maior. O centro também é significativo, com 24% de adesão.

O Datafolha entrevistou 840 pessoas entre os dias 2 e 4 de julho de 2024, com uma margem de erro de três pontos percentuais, e a pesquisa foi registrada sob o número RJ-06701/2024.

Direita: 26%

Centro: 24%

Esquerda: 19%

Centro-esquerda: 12%

Centro-direita: 10%

Não sabem: 8%

Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, a pesquisa mostrou uma maior distância entre os polos, com 28% dos eleitores se identificando como de direita e 18% como de esquerda.

O centro conta com 23% dos eleitores. A pesquisa ouviu 616 pessoas entre 2 e 4 de julho de 2024, e a margem de erro é de quatro pontos percentuais, registrada sob o protocolo MG-06755/2024.

Direita: 28%

Centro: 23%

Esquerda: 18%

Centro-esquerda: 9%

Centro-direita: 14%

Não sabem: 9%

Recife

Recife, reduto tradicionalmente do lulopetismo, apresenta o maior percentual de eleitores de direita, com 35%, contra 22% de esquerda. Os centristas somam 20% do eleitorado.

O Datafolha entrevistou 616 pessoas na capital pernambucana entre 2 e 4 de julho de 2024, com uma margem de erro de quatro pontos percentuais. A pesquisa foi registrada sob o protocolo PE-09910/2024.

Direita: 35%

Centro: 20%

Esquerda: 22%

Centro-esquerda: 8%

Centro-direita: 10%

Não sabem: 5%

As pesquisas, encomendadas pela Folha da Manhã S.A., foram realizadas entre os dias 2 e 4 de julho de 2024, com entrevistas presenciais. A margem de erro varia entre três e quatro pontos percentuais, dependendo da cidade, e a confiança é de 95%.

News Atual

Professor que beijou aluna de 13 anos diz sofrer “compulsão sexual”

FOTO: REPRODUÇÃO

O professor de educação física que enviou fotos de sua genitália a uma aluna de 13 anos e admitiu ter dado um beijo na adolescente dentro da escola municipal Paulo Freire, em Embu das Artes, Grande São Paulo, disse à polícia que sofre de “compulsão sexual” e que “não consegue recusar” quando recebe uma oferta de sexo.

O homem, de 39 anos, justificou o comportamento dizendo que foi a menina quem pediu os “nudes” e que ela teria dito estar familiarizada em ter relações sexuais com maiores de idade.

Sem dar detalhes, o homem disse ter tido um “problema” com outra menina de 13 anos em 2019. Ele é investigado pelo 1º Distrito Policial da cidade e foi afastado da escola pela Secretaria da Educação de Embu das Artes.

O professor foi levado à delegacia pela Polícia Militar após a mãe da adolescente, se passando pela menina, marcar um encontro com ele pelo Instagram. A mulher acessou o celular da filha após desconfiar de que eles estavam se relacionando.

Depois de prestar depoimento, o suspeito foi liberado. Segundo a Polícia Civil, as condições para uma prisão em flagrante não estavam configuradas.

Mensagens

A suspeita sobre uma relação entre a adolescente e o professor surgiu após a menina sair de casa na véspera do feriado de 9 de julho e passar uma noite fora. Questionada, uma colega da menina disse à família que ela poderia estar com o professor.

A partir da informação, a mãe acessou o Instagram da filha e leu as conversas entre os dois. As mensagens não indicavam que eles tinham passado a noite juntos, mas mostravam que, dias antes, o homem havia convidado a adolescente para passeios, falado sobre intimidades e enviado fotos nu.

Metrópoles

Mulher finge ser da embaixada alemã e dá golpe de R$ 40 mil em médica

FOTO: DIVULGAÇÃO

Uma mulher de 33 anos, identificada como Bárbara Elisa Balbino Teixeira, foi presa em Viçosa, Minas Gerais, acusada de se passar por funcionária da embaixada da Alemanha no Brasil, para aplicar golpes. Segundo as investigações, ela usaria o suposto cargo para conseguir consultas e medicamentos.

A Operação Embaixadora, que ocorreu em forma de parceira entre as polícias civis de Minas Gerais e Goiás, aponta que a suspeita “coleciona vítimas em todo o país”. Apenas com uma das vítimas, em Goiânia, Bárbara causou um prejuízo de R$ 40 mil.

As investigações identificaram que Bárbara se passava por funcionária da Embaixada da Alemanha para obter diversas consultas e medicamentos com uma médica nutróloga, dona de uma clínica situada no Setor Marista, na capital goiana.

A estelionatária fazia promessas de viagens para a Alemanha e de obtenção de pacientes naquele país, além de ter forjado diversos comprovantes de pagamentos por Pix, causando à vítima um prejuízo direto de mais de R$ 40 mil.

As consultas com a nutróloga, que se iniciaram em dezembro de 2023, eram feitas de forma remota, por videochamadas, e os medicamentos eram despachados pela vítima para Viçosa, em Minas Gerais, pelos Correios.

Segundo a polícia, até cirurgiões plásticos de vários estados do Brasil foram vítimas de Bárbara, que chegava ao ponto de marcar procedimentos cirúrgicos.

Metrópoles

VÍDEO: Pré-candidato a vereador ataca equipe de afiliada da Globo durante reportagem

FOTO: REPRODUÇÃO

Na manhã desta quinta-feira, uma situação inesperada marcou a rotina dos jornalistas da TV Mirante, afiliada da Globo no Maranhão. Durante uma cobertura ao vivo para o programa Bom Dia Mirante, a equipe foi agredida por Lucas Carneiro Oliveira, pré-candidato a vereador, em meio a uma reportagem sobre um acidente de trânsito.

O incidente ocorreu quando Nicce Ribeiro, repórter da emissora, relatava os detalhes de um acidente na avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís. O pré-candidato tentou impedir a gravação, agredindo o cinegrafista Luís de França e bloqueando a lente da câmera com suas mãos, numa clara tentativa de censurar a cobertura jornalística.

Essa não é a primeira vez que jornalistas são confrontados enquanto realizam seu trabalho. Agredir profissionais da imprensa é um ataque direto aos princípios democráticos, especialmente quando se busca impedir a divulgação de informações relevantes para o público. A liberdade de imprensa é fundamental para uma sociedade informada e consciente.

Detalhes do Incidente Segundo Relatos da Equipe

De acordo com Nicce Ribeiro, a equipe estava pronta para uma nova entrada ao vivo, quando Lucas Carneiro Oliveira, que não estava entre os envolidos originalmente no acidente, abordou agressivamente os jornalistas. Ele tentou física e verbalmente impedir a cobertura do acontecimento, comportando-se de maneira violenta e inesperada.

Testemunhas no local relataram que Lucas pareceu estar embriagado e teria sido o causador do acidente, colidindo com a traseira de outro veículo, que acabou rodopiando e bloqueando a via. Após o ato, Lucas fugiu do local em cima de um caminhão, antes da chegada das autoridades policiais.

Terra Brasil Notícias

Vereador pretende tornar obrigatória leitura da bíblia nas escolas

FOTO: DIVULGAÇÃO

O vereador por Cuiabá Rodrigo Arruda e Sá (PSDB) apresentou um projeto de lei que visa incluir na grade escolar a leitura de trechos da bíblia como recurso paradidático nas escolas públicas e particulares da capital mato-grossense.

“A Bíblia não é apenas um livro religioso; é uma fonte rica de história, literatura, arqueologia e cultura. Sua leitura pode enriquecer o conhecimento dos nossos estudantes em diversas áreas, ajudando na formação integral de nossos jovens”, disse Rodrigo em postagem no Instagram.

Metrópoles