SELO BLOG FM (4)

Categoria: Economia

Proposta do governo é eleitoreira e não garante preços de combustíveis mais baixos, dizem analistas

PREÇO DA GASOLINA PETROBRAS VAI AUMENTAR APÓS AUMENTO DO DIESEL? SAIBA MAIS – FOTO: PETROBRAS

A nova proposta apresentada pelo governo para tentar baixar os preços dos combustíveis tem viés eleitoreiro, não é sustentável no longo prazo e pode até mesmo não garantir uma reversão da alta dos preços da gasolina e do diesel, apontam analisas ouvidos pela GloboNews.

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira (6) que o governo federal aceitará ressarcir os estados pelas perdas de arrecadação com o projeto de lei que estabelece uma alíquota máxima para o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

O acordo valeria até 31 de dezembro a um custo entre R$ 25 bilhões e R$ 50 bilhões, limitado ao montante de uma arrecadação extraordinária ainda não detalhada e lançada no Orçamento. Entre os recursos que poderiam ser usados estariam o da privatização da Eletrobras.

A nova proposta chega a quatro meses da eleição e em meio ao desgaste provocado pela disparada dos preços dos combustíveis e inflação persistente que há 9 meses segue rodando acima dos dois dígitos.

O globo

RN tem 3º pior percentual de criação de empregos do Brasil em 2022

NO MÊS DE ABRIL, O RIO GRANDE DO NORTE REGISTROU UM CRESCIMENTO DE 0,36%, ABAIXO DA MÉDIA DO PAÍS (0,48%) E TAMBÉM DO NORDESTE (0,45%). FOTO: DIVULGAÇÃO

O Brasil registrou saldo positivo de 196.966 vagas de trabalho com carteira assinada em abril, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O Rio Grande do Norte contribuiu com 1.588 postos de trabalho ocupados a mais do que no mês anterior. O desempenho acumulado do estado, contudo, está entre os piores do Brasil.

No mês de abril, o Rio Grande do Norte registrou um crescimento de 0,36%, abaixo da média do país (0,48%) e também do Nordeste (0,45%). Em abril, o estado registrou 15.732 admissões, frente a 14.144 demissões. Em 2022, o Rio Grande do Norte soma 60.827 empregos criados, mas 62.095 desligamentos, o que resulta em queda de 1.268 postos de trabalho, com variação negativa de 0,29%. O percentual no ano só é melhor do que os de Alagoas (-3,75%) e Pernambuco (0,54%).

Do outro lado da “disputa”, Amapá (4,31%), Goiás (3,74%), Roraima (3,52%) e Mato Grosso (3,48%) têm, percentualmente, as melhores marcas do Brasil no ano, enquanto Bahia (2,53%), Maranhão (1,73%) e Ceará (1,07%) têm os melhores desempenhos da região Nordeste.

No acumulado dos últimos 12 meses, a situação do Rio Grande do Norte, em comparação aos demais estados do Brasil, é um pouco melhor. A variação positiva é de 6,66%, com saldo de 27.635 pessoas contratadas do que demitidas no período de um ano. A variação é menor do que as do Rio Grande do Sul (5,56%), Paraná (5,68%), Piauí (6,16%), São Paulo (6,42%), Santa Catarina (6,46%), Pernambuco (6,58%). Os melhores acumulados são os do Amapá (11,85%), Acre (10,57%) e Roraima (10,05%).

Áreas

O setor de serviços puxou o crescimento do Rio Grande do Norte no mês de abril. Foram 1.261 empregos a mais no setor, com destaque para “Administração pública, defesa e seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais”, com 406 postos criados, e Saúde, com 204 vagas a mais. A Construção Civil também contribuiu bem, com 766 vagas de saldo.

Por outro lado, a a agricultura 639 demissões a mais do que contratações postos no mês de abril.

Desemprego

O último dado referente ao desemprego do Rio Grande do Norte, do IBGE, apontou que o Estado tem 14,1% da população desocupada, de acordo com os dados do trimestre finalizado em março. O estado vinha três trimestres seguidos de queda no desemprego. No segundo trimestre de 2021 era 16,3%, passou para 14,7% e fechou o ano com 12,7%. Com isso, o Rio Grande do Norte tem hoje 1,342 milhão de pessoas fora da força de trabalho. Esse é o grupo “daquelas pessoas que têm idade para trabalhar, mas não procuram trabalho por motivos geralmente pessoais: uma dona de casa, um pensionista, aposentado, um estudante que só quer começar a trabalhar depois de terminar a faculdade etc”, informou o IBGE. Além destes, também estão aquelas pessoas incapacitadas para o trabalho. No comparativo com o primeiro trimestre de 2021, a taxa de desemprego ficou um ponto percentual acima.

Com informações da Tribuna do Norte

Servidores do INSS retornam hoje ao trabalho presencial

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL (INSS) VOLTA ATENDIMENTO PRESENCIAL NAS AGÊNCIAS. FOTO-TOMAZ SILVA-AGÊNCIA BRASIL

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou no Diário Oficial da União, uma portaria determinando o retorno dos servidores ao trabalho presencial a partir desta segunda-feira (6). A medida se aplica aos servidores, empregados públicos, contratados temporários e estagiários do órgão que estavam em trabalho remoto por conta da emergência de saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

A portaria, também dispensou o uso de máscara de proteção facial nas unidades do INSS. O texto diz que os servidores deverão seguir as regras de proteção individual obrigatória, isolamento, quarentena e outras condições de funcionamento estabelecidas pelos estados, Distrito Federal e municípios.

Suspenso em 2020 em razão da pandemia, o retorno às atividades presenciais do órgão vem ocorrendo gradualmente desde o ano passado mediante agendamento prévio.

Em março, o INSS já havia publicado outra portaria, desta vez, dispensando a necessidade de agendamento prévio para atendimento nas agências. Na ocasião, além dos pedidos já agendados, as agências retomaram também o chamado atendimento espontâneo, realizado na triagem, no autoatendimento orientado ou em guichê específico para informação, sem necessidade de prévio agendamento.

Além do INSS, outros órgão da administração federal, exemplo da Receita Federal, também retomaram as atividades presenciais nesta segunda-feira. O retorno faz parte de uma decisão do governo federal de retomada das atividades presenciais dos servidores e empregados públicos que atuam na administração pública.

Agência Brasil

Nova pesquisa da ANP deixa Natal com a quarta gasolina mais cara do país

FOTO: GERALDO JERÔNIMO

Nova pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostrou que Natal está com o quarto preço médio mais caro para o preço da gasolina comum no Brasil entre as capitais. Os dados constam em levantamento divulgado neste sexta-feira (03), pelo órgão vinculado ao Ministério de Minas e Energia. O preço médio mostrou que o combustível foi vendido a R$ R$ 7,465 por litro na capital na última semana. Com relação ao último levantamento, houve queda de 1,5% no preço.

De acordo com a pesquisa, realizada entre os dias 29 de maio a 04 de junho, Natal está atrás apenas de Teresina (R$ 8,127), Rio de Janeiro (R$ 7,648) e Rio Branco (R$ 7,53). O preço médio mais em conta está em Macapá (R$ 6,499).

A pesquisa da ANP também mostra quais foram os preços mínimos e máximos praticados durante o período do levantamento. Em Natal, essa variação foi de R$ 7,190 a R$ 7,590. Com relação ao maior preço entre as capitais do Nordeste, Natal divide a 4ª posição com Aracaju.

Com relação a gasolina comum, Natal apresentou uma redução de 1,5% no preço médio do litro com relação a última análise, feita entre 22 a 28 de maio, quando o preço praticado era R$ 7,579. No preço máximo, a redução entre os períodos foi de 6,18%, com preço caindo de R$ 8,090 para R$ 7,590.

O balanço do órgão federal também traz levantamento com relação a outros combustíveis comumente utilizados pelos potiguares. É o caso do óleo diesel, com preço médio praticado em Natal a R$ 7,070, na  5ª colocação entre as capitais com preços médios mais altos, sendo a 2ª do Nordeste. Com relação a última análise, a queda foi de 1,33%, sendo a segunda redução seguida na capital. Entre preço mínimo e máximo, a variação no diesel foi de R$ 6,550 a R$ 7,390.

Sobre o etanol hidratado, a pesquisa da ANP mostra que o preço médio em Natal foi de R$ 6,148 na semana, queda de 1,53% em relação a última análise. Os preços mínimo e máximo registrado foi de R$ 5,850 e R$ 6,390, respectivamente. No ranking das capitais, Natal fica na 10ª posição.

Os preços da gasolina e do diesel recuaram nos postos no Brasil nesta semana, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgados nesta sexta-feira (3).

O preço médio do litro da gasolina passou de R$ 7,252 para R$ 7,218, queda de quase 0,5%. É o menor valor da gasolina desde a primeira semana de abril. O maior valor encontrado foi de R$ 8,490. O menor, R$ 6,180. O valor do litro do diesel caiu de R$ 6,918 para R$ 6,882, o que representa uma redução de 0,6%. É a segunda queda seguida. 

O etanol também registrou redução a nível nacional. O valor médio passou de R$ 5,186 o litro para R$ 5,083, queda de 2%. O etanol também tem o menor valor desde abril. No posto mais caro pesquisado pela agência, custava R$ 7,900. No mais barato, R$ 4,070.

Com informações da Tribuna do Norte

PIB: Brasil avança 1% no 1º trimestre, impulsionado por serviços, em especial o turismo, destaca ABIH-RN

PRESIDENTE DA ABIH-RN, ABDON GOSSON. FOTO: DIVUGAÇÃO

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou na última quinta-feira (2), o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil que teve um aumento de 1% no 1º trimestre, na comparação com os três meses imediatamente do ano anterior. 

O resultado foi impulsionado pelo setor de serviços, considerado o de maior peso na economia. De acordo com o IBGE, o setor de turismo e viagens contribuiu significativamente para este crescimento, com destaque para o a seção de transporte de passageiros, sobretudo o aéreo, além de hospedagem e alimentação.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte (ABIH-RN), Abdon Gosson o nosso estado se destaca nesta contribuição ao PIB. “A principal fonte de receita aqui no RN é o turismo, o que inclui transporte, alimentação, hospedagem entre outros itens. O resultado mostra que é preciso ter um olhar diferenciado para este setor, pois é ele que está impulsionando a economia brasileira”, disse.

Ainda segundo Abdon Gosson, candidatos aos cargos públicos nesta eleição precisam “direcionar políticas públicas e recursos para alavancar o turismo nacional e regional, em especial no Rio Grande do Norte, pois grande parte da população do estado tem sua renda focada no setor. Pesquisas apontam que só na hotelaria, para cada funcionário de carteira assinada gera de 3 a 5 empregos indiretos. Ou seja, precisamos cobrar atenção a esse setor que gera empregos, recursos e fomenta grande parte da nossa economia ”.

Prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda termina amanhã

IMPOSTO DE RENDA 2022. FOTO-MARCELO CAMARGO – AGÊNCIA BRASIL

De acordo com o último balanço da Receita Federal, divulgado no dia 27, até então 28.880.296 declarações já haviam sido entregues. A expectativa é de que este número chegue a 34,1 milhões até o fim do prazo.

Quem estiver obrigado a entregar a declaração e não fizer até o fim do prazo estará sujeito a multa. O valor da multa é de 1% ao mês sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.

A multa é gerada no momento da entrega da declaração e a notificação de lançamento fica junto com o recibo de entrega. O contribuinte terá 30 dias para pagar a multa. Após este prazo, começam a correr juros de mora, corrigidos pela taxa Selic, atualmente em 12,75% ao ano.

Estão obrigadas a apresentar a Declaração de Ajuste Anual os cidadãos que tiveram, em 2021, rendimentos tributáveis com valor acima de R$ 28.559,70. Além desses contribuintes, quem recebeu, no ano passado, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, em valor superior a R$ 40 mil, como rendimentos de aplicações financeiras, doações, heranças, partilha de divórcio, meação, indenizações, dividendos e juros sobre capital próprio; quem recebeu, em 2021, receita bruta anual decorrente de atividade rural em valor acima do limite de R$ 142.798,50.

Também é obrigado a declarar o imposto quem tinha, em 31 de dezembro de 2021, a posse ou propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, em valor superior ao limite de R$ 300 mil; as pessoas que obtiveram, em qualquer mês do ano passado, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência de imposto ou realizou operações em bolsa de valores.

As pessoas que tiveram lucro, em 2021, com a venda de imóveis residenciais, mas optaram por uma das situações de isenção total ou parcial de imposto de renda sobre o ganho de capital; que pretendem compensar prejuízos da atividade rural ou de operações em bolsa de valores; e quem passou à condição de residente no Brasil, no ano passado, também são obrigadas a declarar o imposto.

Uma das novidades na declaração do IRPF 2022 é o acesso ampliado à declaração pré-preenchida por meio de todas as plataformas disponíveis, e o recebimento da restituição e o pagamento de Darf via Pix, desde que a chave do contribuinte seja o CPF.

O Programa Gerador da Declaração está disponível no site da Receita Federal para usuários dos sistemas Windows, iOS e Linux. Também será possível declarar online ou por dispositivos móveis, por meio do app Meu Imposto de Renda.

AGÊNCIA BRASIL

Preço do diesel nos postos do país quase dobra nos últimos três anos

REAJUSTE NAS REFINARIAS FOI AINDA MAIOR, DE 165% NO MESMO PERÍODO. FOTO: DIVULGAÇÃO

O preço do óleo diesel aumentou 96% nos postos de combustíveis do país, ou seja, para os consumidores, nos últimos três anos. Segundo dados do Dieese (Departamento Sindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) e da FUP (Federação Única dos Petroleiros), o reajuste nas refinarias foi ainda maior, de 165% no mesmo período.

O valor médio do litro registrado na última semana nos postos, entre os dias 15 e 21 de maio, pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis), atingiu R$ 6,943, maior preço da série histórica, desde 2004.

A evolução vem desde outubro de 2016, quando foi instituída a nova política de preços da Petrobras, a PPI. Desde então, a alta chega a 125,3%.

O economista do Dieese Cloviomar Cararine explica que a alta do combustível tem relação justamente com a paridade de preços internacionais. “O primeiro problema é que a Petrobras adota uma política de preços de paridade de importação. O segundo tem relação com escolhas que o governo federal fez de redução da produção nacional de diesel.”

R7

INSS paga a segunda parcela do 13º salário a partir desta quarta

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL (INSS). FOTO-MARCELLO CASAL JR- AGÊNCIA BRASIL

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começa a pagar nesta quarta-feira (25) os valores da segunda parcela do décimo terceiro salário de aposentados e pensionistas. Inicialmente, recebem aqueles que ganham um salário mínimo (R$ 1.212). Os que ganham acima disso recebem a partir do dia 1º até 7 de junho. A primeira parcela foi paga em abril.

Para consultar o valor, o beneficiário pode entrar no aplicativo Meu INSS (para dispositivos eletrônicos com tablets ou celulares) ou no portal gov.br/meuinss. Outra opção é a central de atendimento por telefone, pelo número 135. Nesse caso, é preciso informar dados como o número do CPF e outras informações cadastrais. O atendimento por telefone está disponível de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Ao todo, com a primeira e segunda parcelas pagas, serão injetados cerca de R$ 56,7 bilhões na economia. Mais de 36 milhões de pessoas vão receber a segunda cota da gratificação, que vai cair na conta junto com o pagamento regular de maio. Este é o terceiro ano consecutivo que os pagamentos do décimo terceiro salário do INSS ocorrem entre abril, maio e junho. O adiantamento foi possível após edição de portaria do INSS, ainda em março. 

Quem recebe Benefício de Prestação Continuada (BPC) não tem décimo terceiro.