SELO BLOG FM (4)

Natal recebe exposição multimídia O Sertão Virou Mar, do artista visual potiguar Azol, a partir do dia 24 

AZOL, ARTISTA ARTISTA POTIGUAR.FOTO-DIVULGAÇÃO

Com estética inspirada no sertão brasileiro e com traços extremamente criativos, Azol, artista plástico potiguar residindo em São Paulo há quase 30 anos, está apresentando suas obras por várias capitais do país.

OBRA DO ARTISTA POTIGUAR AZOL. FOTO-DIVULGAÇÃO

A próxima parada é Natal, que recebe sua exposição multimídia intitulada O Sertão Virou Mar, nome já bastante sugestivo para sua jornada poética. A Pinacoteca será o ponto de encontro para quem desejar apreciar suas obras de arte a partir do dia 24 de maio, às 19h, com entrada franca. 

Azol, artista potiguar com formação em Cinema e Artes Gráficas, se utiliza da fotografia, pintura, escultura, vídeo, colagem e de outras linguagens para desenvolver sua arte, que possui uma característica única. Além do Brasil, suas peças também já passaram por países como França e Estados Unidos em apresentações coletivas.

As obras dessa exposição foram desenvolvidas a partir de fotografias produzidas nos sertões do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Alagoas e Bahia e unem elementos que rementem à construção de um sertão imaginário e utópico.

A exposição consta especialmente de fotomontagens, que são resultados da mistura de linguagens e diferentes estéticas, selecionadas a partir de seu acervo de mais de 6 mil fotografias que têm o sertão como tema recorrente. Essas fotografias foram captadas em incursões pela rota do cangaço, quando Azol realizou laboratórios e pesquisas.

“A técnica usada é a colagem digital. Transferi os arquivos de fotos e as fotos das pinturas e fui manipulando as imagens. O processo é demorado… Foram meses de tentativas e erros, até chegar a um resultado satisfatório”, esclarece Azol.

A curadoria fica por conta de Marcus de Lontra Costa, renomado jornalista, crítico de arte e curador independente com mais de 30 anos de experiência. A exposição é uma realização da Pinacoteca, do governo do estado do Rio Grande do Norte, da Fundação José Augusto, do Ateliê Azol e da Dila Oliveira Galeria. 

SERVIÇO

Exposição O Sertão Virou Mar

Do artista visual Azol

Pinacoteca do RN – Palácio da Cultura

Praça Sete de Setembro, s/n – Cidade Alta

Entrada franca

De 24/05 a 24/07

De segunda a sexta-feira Das 8h às 17h

Sábado e domingo das 9h às 16h

Necessário apresentar o comprovante de vacinação em dia

SAIBA MAIS SOBRE AZOL

Artista visual formado em Cinema e Artes Gráficas nos Estados Unidos, Azol dirigiu curtas-metragens e produziu programas para TVs como Manchete, Bandeirantes e Globo. Trabalhou com publicidade, criou conteúdo para internet e produziu vídeos institucionais para empresas. 

Trabalha em caráter multidisciplinar, visando criar um diálogo com outras formas de expressão artística para fomentar um pensamento poético e sensível às diversas questões que movem o espírito e o fazer artístico. Produz trabalhos em pintura, escultura, colagem, mural, videoarte, literatura e fotografia. 

Em 2016, entrou para o grupo de estudos de arte no ateliê do pintor Sérgio Fingermann, com o intuito de aprofundar suas pesquisas nas diversas linguagens com as quais atua. Participou de exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior (França, EUA e Nações Unidas) e de feiras de arte em Paris e Nova York. 

Em setembro de 2021, iniciou uma jornada de exposições individuais pelo Brasil intitulada O sertão virou mar, com curadoria de Marcus Lontra, iniciando pelo Centro Cultural Correios, no Rio de Janeiro. A exposição já passou pelo Centro Cultural Cais do Sertão, no Recife, e pelo Sobrado Dr. José Lourenço, em Fortaleza (SECULT – CE). A partir de maio de 2022, a exposição estará na Pinacoteca Potiguar.

Azol tem obras nos acervos do Centro Cultural Correios (Rio de Janeiro), na Pinacoteca Potiguar (Rio Grande do Norte), na Fundação Capitania das Artes (Funcarte – Prefeitura de Natal) e no Sistema FIERN (Federação da Indústria e Comercio do RN). Em 2020, recebeu o diploma comemorativo da fundação da cidade de São Paulo pela Academia de Ciências, Letras e Artes.

Para conferir o trabalho de Azol acesse o Instagram @azol.art

MPRN recomenda que Estado regularize frota de carros “fumacê”

CARRO FUMACÊ DO GOVERNO DO ESTADO. FOTO-CEDIDA

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) quer que o Estado regularize, no prazo de 30 dias, o funcionamento da frota de carros de UBV Pesada, conhecidos como carros “fumacê”. A ação está sendo recomendada pela 62ª Promotoria de Justiça de Natal à Secretaria Estadual de Saúde.

Durante a tramitação de inquérito civil, o MPRN constatou que muitos destes veículos “fumacê” estão aguardando reparos em um momento de agravamento do cenário epidemiológico das arboviroses (dengue, zika e chikungunya) em todo o Rio Grande do Norte. A situação, inclusive, tem impactado negativamente os serviços públicos de saúde, com a geração de filas de atendimento nas unidades de saúde e hospitalares, tendo em vista o progressivo índice de adoecimento da população.

Para emitir a recomendação, o MPRN levou em consideração o aumento de casos de arboviroses. De acordo com o boletim epidemiológico da semana 14 (término em 9 de abril) foram notificados no Estado 4.784 casos de dengue; 1.719 casos de chikungunya e 368 casos de zika. O boletim também revelou que a maioria dos municípios potiguares se encontra em situação de alerta ou em situação de risco, com risco iminente de surto das arboviroses em todo o RN.  

O mesmo boletim ainda apontou que Natal, Macaíba, Guamaré, Pedro Avelino, Brejinho, Santo Antônio, Várzea, Montanhas, Serrinha, Lagoa D’Anta, Passa e Fica, Jardim do Seridó, Parelhas ainda fazem uso de operações de UBV para controle de Aedes aegypti, sendo esta uma medida importante para a prevenção e contenção das arboviroses.  

Apenas em Natal, entre os meses de março e abril de 2022, houve um aumento vertiginoso na notificação de casos prováveis das três arboviroses: em março foram notificados 630 casos; em abril, 2.318 casos prováveis.

Prazo de 30 dias para regularizar os fumacês

Para atender à recomendação, o Estado terá que concluir um processo de licitação que está em curso para a aquisição de peças visando ao conserto de veículos da frota de carros UBV pesada ou adotar quaisquer outras medidas pertinentes que coloquem toda a frota em circulação. 

No mesmo prazo de 30 dias, a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) deverá informar ao MPRN as providências tomadas para cumprir a recomendação, encaminhando a devida documentação comprobatória. Caso contrário, deve apresentar as razões que impedem o atendimento à recomendação, sob pena de serem adotadas as medidas judiciais cabíveis. 

PRF apreende dentro de veículo no RN, tabletes de cocaína avaliados em R$ 3 milhões

MATERIAL ENTORPECENTE FOI ENCAMINHADO À DENARC. FOTO: DIVULGAÇÃO

Um homem foi preso por transportar um veículo com cerca de 31 tabletes de cocaína escondidos, na tarde desta terça-feira (17), em Mossoró, na Região Oeste do RN. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o condutor seguia de Fortaleza, no Ceará, para Natal.

O material recolhido possui 25 kgs e é avaliado em R$ 3 milhões. O condutor estava utilizando um carro Onix 10 MT LT2, que foi interceptado por volta das 14h15.

Todo o material, juntamente com o suspeito, foi encaminhado à Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Mossoró, para realização dos procedimentos cabíveis.

Após assaltar e fazer motorista de aplicativo refém, suspeita é presa pela polícia em Natal

A MULHER PERMANECERÁ À DISPOSIÇÃO DA JUSTIÇA. FOTO: DIVULGAÇÃO

Policiais civis da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) deram cumprimento, nesta terça-feira (17), a um mandado de prisão em desfavor de uma mulher de 21 anos. Ela é suspeita de ter praticado, no dia 14 de janeiro de 2022, por volta das 19h20min, um roubo a veículo, no bairro Dix-Sept-Rosado, na zona oeste de Natal.

Segundo as investigações, a suspeita, acompanhada de outros dois suspeitos, teria solicitado uma corrida em um aplicativo de mobilidade e, tendo o veículo chegado, anunciaram o roubo, levando a vítima como refém. Após subtraírem todos os objetos desejados, libertaram a vítima e, logo depois, abandonaram o carro nas proximidades do cemitério do Bom Pastor, ainda na zona oeste.

A mulher permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Bolsonaro prepara nova visita ao Rio Grande do Norte, em junho

SE CONFIRMADA, ESTA SERÁ A 5ª VISITA DE BOLSONARO AO ESTADO ESTANDO NO CARGO. FOTO: CLAUBER CLEBER CAETANO / PR

Em clima de pré-campanha, o presidente Jair Bolsonaro (PL) deverá fazer uma nova visita ao Rio Grande do Norte no mês de junho.

De acordo com a assessoria do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o presidente da República prepara os detalhes da agenda e, em breve, vai divulgar a data exata da vinda e os municípios por onde ele passará. Há uma expectativa de que o presidente participe de um evento evangélico.

Se confirmada, esta será a 5ª visita de Bolsonaro enquanto presidente.

A primeira foi em agosto de 2020, quando ele esteve em Mossoró para a inauguração de casas populares e em Ipanguaçu para a cerimônia de ampliação do sistema de abastecimento de água. Na ocasião, o presidente também anunciou expansão de internet gratuita em comunidades e entregou títulos de regularização fundiária.

Em junho de 2021, o presidente voltou ao Estado, agora para uma visita técnica à Barragem de Oiticica, em Jucurutu.

A terceira visita foi em fevereiro de 2022, quando Bolsonaro voltou a inspecionar as obras da barragem de Oiticica e participou da cerimônia em Jardim de Piranhas que marcou a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco ao Rio Grande do Norte.

Por último, em março deste ano, o presidente esteve em Parnamirim para a cerimônia de inauguração da estação Cajupiranga do sistema de trens urbanos da CBTU na Grande Natal. A solenidade marcou a despedida de Rogério Marinho (PL) como ministro do Desenvolvimento Regional. O titular da pasta renunciou ao cargo para ficar apto a disputar as eleições para o Senado no Estado.

Portal 98 FM

Governo do RN regulamenta serviço disque-defesa para enfrentamento à LGBTfobia

A LEI É DE AUTORIA DE FÁTIMA BEZERRA QUANDO DEPUTADA ESTADUAL. FOTO: ASSECOM

No Dia Internacional de Enfrentamento à LGBTfobia, esta terça-feira (17), a governadora Fátima Bezerra assinou o decreto que Regulamenta a Lei Estadual nº 8.225, de 12 de agosto de 2002, que institui o serviço de disque-defesa de combate à violência contra a população LGBTQI+ no Estado do Rio Grande do Norte.

A Lei é de autoria de Fátima Bezerra quando deputada estadual. O Decreto disciplina o objeto e o âmbito de aplicação da Lei, conceituação interna, acompanhamento e atendimento, órgão executor das ações, a Rede Estadual de Proteção e Enfrentamento à LGBTfobia, medidas de monitoramento, avaliação e divulgação. A regulamentação contribui para a ampliação dos canais de denúncias sobre violências e violações de direitos contra a população LGBTI+ no RN e fortalece a produção de dados e indicadores referentes à LGBTfobia.

“Esta Lei, que é de minha autoria como deputada estadual, regulamenta o funcionamento do serviço para proteção dos direitos da população LGBTQI+. Aqui cabe perguntar: por que esse tempo todo, 20 anos, sem regulamentação? Esta é uma pauta de defesa de direitos, de proteção. Quantos governos passaram nestes 20 anos? O que se põe por trás disso?, devemos perguntar. E tem outras leis que vamos também fazer sair do papel, com muita discussão séria e responsável. Hoje temos violações de direitos que não dialogam com o mundo civilizado. Vemos isso se agravar nos últimos anos. Mas aqui tomamos iniciativas como esta para avançarmos. Em nosso governo avançamos no fortalecimento do sistema de segurança pública e estamos conseguindo reduzir a violência”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.

Ela confirmou que o Governo do Estado trabalha em projeto de Lei para criar o Departamento de Proteção à Pessoa com Vulnerabilidade (DPPV), que funcionará no âmbito da Polícia Civil para tratar dos crimes de intolerância. “Será mais uma frente de proteção a quem precisa, assim como estamos instalando novas delegacias de proteção à mulher em todo o Estado”, disse, para enfatizar que o atual governo incorporou 1.300 novos policiais militares, e está realizando concurso público para contratar 400 delegados, agentes e escrivães para a Polícia Civil. “O Estado passou 15 anos sem contratar policiais militares e 12 anos sem contratar policiais civis. Nossa gestão trabalha com planejamento, estamos superando as dificuldades e investindo, isso é fundamental para reduzirmos a violência como estamos fazendo. O Rio Grande do Norte é território onde o Governo não abaixa a cabeça, inclusive para a homofobia”, pontuou a Governadora.

A secretária estadual da Mulher, Juventude, Igualdade Racial e Direitos Humanos (Semjidh), Maria Luíza Tonelli, destacou “a iniciativa da atual administração em criar a pasta que tem forte caráter social e foco na defesa de direitos. Lutamos contra a discriminação e preconceitos que afetam muitos segmentos sociais. Por orientação da governadora, fazemos um amplo trabalho para proteger e promover a cidadania de segmentos antes esquecidos”.

A coordenadora de diversidade sexual e de gênero da Semjidh, Janaína Lima disse que “a regulamentação é pauta que as organizações sociais vinham cobrando. Este Decreto é fruto do trabalho coletivo de vários órgãos do governo e representações sociais. É mais atenção no enfrentamento à discriminação”.

Representando o Ministério Público Estadual, a promotora de justiça Daniela Veras, ressaltou a importância da regulamentação e disse que a instituição está à disposição para fazer encaminhamentos e atuar sempre que necessário.

O SERVIÇO

O Disque Defesa LGBTI+ é fruto do trabalho desenvolvido pelo GTE – Grupo de Trabalho Especial em parceria com o Conselho Estadual de Políticas Públicas LGBTI+ e do Comitê Estadual Intersetorial de Enfrentamento à LGBTfobia do RN. O serviço é coordenado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), por intermédio da Coordenadoria da Defesa da Mulher e das Minorias (CODIMM), e funciona no sistema de ligação gratuita, por meio do número 0800-281-1314, todos os dias do ano, durante 24 horas.

Também participaram do ato, no auditório da governadoria, o vice-governador Antenor Roberto; secretários de Estado Francisco Araújo (Sesed), Daniel Cabral (Comunicação); secretária adjunta do Gabinete Civil, Socorro Batista; subsecretária do GAC, Laíssa Costa;  assessora da vice-governadoria, Armelli Brenand; delegada geral da Polícia Civil, Ana Claúdia Saraiva; subsecretário da Juventude da Semjidh, Gabriel Medeiros; coordenadora da CODIMM, Margareth Gondim; vereadoras em Natal Divaneide Basílio, Brissa Brachi e Júlia Arruda; vereadora em Carnaúba dos Dantas, Thábata Pimenta; presidente e vice-presidente do Conselho Estadual de Políticas Públicas LGBTQI+, Vanja Celine e Wilson Dantas;  representante do grupo Habeas Corpus Potiguar, Antonio Rosa, do Conselho Estadual Intersetorial de Enfrentamento à LGBTfobia, Ingrid de Assis,  e representante da deputada federal Natália Bonavides.

Natal discute ações de prevenção e combate a desastres naturais com equipe da ONU

REUNIÃO CONTOU COM ASSESSOR TÉCNICO DA ONU, CLÉMENT DA CRUZ, JUNTO AO PROGRAMA MCR2030. FOTO: ALEX RÉGIS

Em reunião realizada nesta terça-feira (17) no salão nobre do Palácio Felipe Camarão, o prefeito de Natal, Álvaro Dias, recebeu o assessor técnico de Resiliência Urbana do escritório da ONU, Clément da Cruz, e a ex-reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN),  Ângela Paiva, para discutir as próximas etapas da parceria entre as instituições que estão inseridas no programa da Organização das Nações Unidades (ONU) de Cidades Resilientes, o MCR2030, organizado pelo Escritório da ONU para a Redução de Riscos de Desastres. A ideia da iniciativa é fortalecer e consolidar as políticas públicas voltadas à prevenção, combate e mitigação de danos a desastres naturais.

Em 2021, Natal aderiu ao programa de Cidades Resilientes que tem como principal objetivo estimular as cidades a conhecer, planejar e implementar ações que as permitam se tornar capazes de suportar contextos de estresse para as suas estruturas, de modo a manterem o desenvolvimento sustentável e a segurança das populações. Antes da iniciativa de integrar o programa, contando com a parceria de entidades externas ao Município, a cidade já trabalhava suas metas, com ações localizadas.

“Temos atuado muito para prevenir e combater os desastres em nosso município. Precisamos trabalhar para proteger a nossa população. Aderir ao programa da ONU ajudou a acelerar os processos que já estamos implementando. Vamos avançar ainda mais nesse aspecto, concluindo os projetos de drenagem que estão sendo executados, inclusive retomando a obra do Túnel de Macrodrenagem da Arena das Dunas, reforçando a integração entre as nossas secretarias, fortalecendo a nossa Defesa Civil e investindo na capacitação dos nossos servidores para oferecer uma resposta mais rápida, eficiente e ágil caso seja necessário”, destacou o prefeito Álvaro Dias.

O chefe do executivo municipal aproveitou a oportunidade para elencar algumas ações feitas pela gestão relacionadas ao tema como: a elaboração do Plano de Contingência 2019-2020, que contou com o envolvimento e a integração de diferentes órgãos da Prefeitura do Natal. Outra iniciativa que mereceu destaque foi a criação do Gabinete de Gerenciamento de Crise, com foco no acompanhamento das condições climáticas e rápidas resoluções, acionado sempre que ocorrem eventos que ultrapassem a capacidade de resposta das secretarias individualmente. Esse gabinete foi fundamental para a contenção dos danos causados pelas fortes chuvas que caíram sobre Natal no último dia 06 de março quando os pluviômetros captaram mais de 200 milímetros de chuvas em um curto espaço de tempo, gerando mais de 330 ocorrências registradas pela Defesa Civil Municipal.

Além disso, a Prefeitura acrescentou, de maneira inovadora, ao projeto de revisão do Plano Diretor de Natal um capítulo específico para essa questão de prevenção de desastres, aprovando a criação do conselho municipal e do fundo municipal de áreas de risco. A nova legislação urbana também avançou na definição das áreas da cidade onde existe a maior possibilidade de ocorrer inundação, zonas com estrutura de solo frágil e regiões próximas a redes de alta tensão.

Nesta quarta-feira (18), no auditório da sede do Instituto Metrópole Digital (IMD), trinta servidores de diversas secretarias municipais irão passar por uma capacitação ministrada pela equipe da ONU que vai orientar os técnicos locais a respeito da atual capacidade existente: “O que vi e ouvi me deixou muito contente e esperançoso. Natal realizou um trabalho muito profícuo e merece nosso reconhecimento. Esse trabalho em conjunto é fundamental para a nossa proposta de prevenção”, ressaltou Clément da Cruz.

Homem condenado a 22 anos de prisão por latrocínio na Bahia é preso na Grande Natal

O HOMEM FOI CONDUZIDO ATÉ A DELEGACIA E ENCAMINHADO AO SISTEMA PRISIONAL. FOTO: DIVULGAÇÃO

Policiais civis do Rio Grande do Norte prenderam, nesta terça-feira (17), um homem de 51 anos pelo crime de latrocínio, ocorrido no ano de 1998, na Bahia. Identificado como Reginaldo Boaventura Valadão, mais conhecido como “Nego Rege”, o homem foi detido em Santo Antônio dos Barreiros, no município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal.

De acordo com a Polícia Civil, Reginaldo Boaventura integrava a lista dos mais procurados da Bahia e vinha sendo investigado pela equipe da Delegacia Especializada de Capturas e Polícia Interestadual (DECAP/Polinter). O mandado de prisão preventiva, decorrente de sentença condenatória, foi expedido pela Vara Criminal da Comarca de Tucano, na Bahia. O homem foi condenado a 22 anos e 6 meses de prisão.

Segundo as investigações realizadas pela DECAP, Reginaldo morava há, aproximadamente, dois anos no local onde foi preso no RN. O delegado titular da DECAP, Odilon Teodósio, explicou que o intuito da equipe é cumprir o mandado de prisão de qualquer foragido, enquanto o poder punitivo do Estado está válido, não permitindo que prescreva a sua validade.

O homem foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou dos números da DECAP/Polinter: (84) 3232-7867 / (84) 98135-6174 (WhatsApp).

TRE-RN aprova voto de pesar pelo falecimento da juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira

A MAGISTRADA ATUAVA COMO JUÍZA DE DIREITO E ELEITORAL NO RN. FOTO: REPRODUÇÃO

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) aprovou voto de pesar pelo falecimento de Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, juíza eleitoral de Martins/RN.

A proposição do voto de pesar foi realizada pelo presidente do TRE-RN, desembargador Gilson Barbosa, durante a sessão plenária desta terça-feira (17).

O corregedor regional eleitoral, desembargador Claudio Santos, também propôs voto de pesar para os familiares da magistrada.

O colegiado do TRE-RN aprovou, à unanimidade, as duas proposições.

A magistrada era natural de Barra de Santana, na Paraíba, e atuava como juíza de Direito e Eleitoral no Rio Grande do Norte.

Nota de Pesar

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte lamenta a morte da juíza Mônica Maria Andrade Figueiredo de Oliveira, 47 anos, ocorrida no Estado do Pará.

A magistrada era natural de Barra de Santana, na Paraíba, mas atuava como juíza de Direito e Eleitoral no Estado. Era titular da 38ª Zona Eleitoral, cuja sede é Martins.

A Justiça do Eleitoral do RN se solidariza com familiares e amigos da magistrada.

A Polícia do Pará investiga as circunstâncias da morte da magistrada.

Compartilhe