SELO BLOG FM (4)

Categoria: Variedades

SÓ PARA MULHERES: Hamonização de espumentes com charutos será vivenciada no “Winston Louge”, em Petrópolis

Espumantes também podem ser harmonizados com charutos. Esta experiência voltada somente para o público feminino será vivenciada no Winston Louge, Clube de Charuto do Letra A Café, na rua Potengi, 521, no bairro de Petrópolis.

Sob o comando de Fernanda Leite, Sommelier e Consultora de vinhos da Fega Wine, na próxima sexta-feira (28) uma exclusiva degustação acontece a partir das 19h30. O evento custa R$ 165,00, por pessoa.

Serão servidos três espumantes de regiões diferentes: um francês, um prosecco italiano e o melhor do Brasil, todos harmonizados com o charuto Rosalones e para finalizar haverá harmonização com uma sobremesa.

Pode soar inusitado, mas espuantes e charutos, bem combinados, resultam em um par elegante. A delicadeza das notas do vinho com a potência aromática de charutos de sabor mais doce se complementam, sendo que o espumante, assim como o champagne, potencializa o parceiro e não o contrário.”Contudo, opte pela escolha de charutos mais suaves”, sugere Fernanda Leite

De 37 países, Brasil é o 2º com maior proporção de jovens “nem-nem”

De 37 países, Brasil é o 2º com maior proporção de jovens nem-nem
JOVENS QUE NÃO ESTUDAM OU NÃO TRABALHAM SE DESTACAM NO BRASIL

O Brasil é o segundo país, de um total de 37 analisados, com maior proporção de jovens, com idade entre 18 e 24 anos, que não estudam e não trabalham. O país fica atrás apenas da África do Sul. Na faixa etária considerada no relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 36% dos jovens brasileiros não estudam e estão sem trabalho. “Isso os deixa particularmente em risco de distanciamento de longo prazo do mercado de trabalho”, alerta o relatório Education at a Glance, de 2022, que avaliou a educação em 34 dos 28 países-membros da OCDE, além do Brasil, da África do Sul e da Argentina.

Carlos Alberto Santos, de 18 anos, se esforça para mudar esta situação. Ele terminou o ensino médio no ano passado e, mais recentemente, um curso técnico de administração. Está há dez meses sem trabalhar, concluiu outros cursos complementares e busca uma colocação no mercado de trabalho.

“Esse período é até preocupante porque ao completar meus 18 anos em março, ter saído do estágio, terminar os cursos, às vezes a gente naturalmente se sente meio inútil mesmo. Por um lado, perde a perspectiva, principalmente quando tem muito esforço, muita dedicação. Eu me inscrevi em várias vagas, eu já fui em muitas entrevistas em vários lugares, tanto em São Paulo quanto aqui próximo da minha cidade, e é realmente preocupante”, diz o jovem, que mora em Ferraz de Vasconcelos, cidade da região metropolitana de São Paulo.

De família de baixa renda, ele vive com a mãe e a irmã e guarda as lições do pai, já falecido.

“Meu pai dizia para estudar e, se a gente quisesse realizar os nossos desejos, era importante que a gente tivesse como prioridade o estudo e se esforçasse. E minha mãe diz a mesma coisa, não sinto pressão, pelo contrário, mas eu sei que é importante ter um trabalho, quero ter o meu espaço e vou me dedicar para isso.”

O jovem faz parte do Projeto Quixote, em São Paulo. Lá ele fez os cursos Empreendendo o Futuro e o Vivendo o Futuro. Com a preparação, ele espera ainda conseguir um trabalho. “Tenho tantos sonhos, tantos desejos e eu acredito que só dessa forma, enfim, com um trabalho, vou poder realizar, porque qualificação eu tenho, eu me esforcei, estudei, tirei boas notas, enfim, acho que é o melhor para mim”, diz Carlos Alberto, que pretende ainda estudar psicologia futuramente. “Gostaria de trabalhar em ONGs como o Quixote para ajudar jovens. Acredito que é importante, porque foi significativo para mim.”

Entre as formações do Projeto Quixote, Carlos Alberto participou da formação para o mundo do trabalho, que busca desenvolver competências básicas para o trabalho e estimular o protagonismo de adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

CAUSAS

Os motivos e a quantidade de jovens que estavam sem estudar e sem trabalhar variam conforme a renda familiar, mas se encontram nessa condição principalmente os mais pobres. “A situação dos jovens que não estudam, não trabalham e nem procuram trabalho tem relação com a origem socioeconômica. É comum entre os jovens de famílias mais pobres. A maioria são jovens mulheres, que tiveram que deixar de estudar e não trabalhavam para poder exercer tarefas domésticas, criar filhos ou cuidar de idosos ou outros familiares, reforçando esse valioso trabalho, que não é reconhecido como deveria. Nas famílias mais ricas, nessa condição estão jovens de faixa etária mais baixa, geralmente no momento em que estão se preparando para a faculdade”, afirma a socióloga Camila Ikuta, técnica do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Diagnóstico feito pela Subsecretaria de Estatísticas e Estudos do Trabalho, do Ministério do Trabalho e Emprego revelou que, dos 207 milhões de habitantes do Brasil, 17% são jovens de 14 a 24 anos, e desses, 5,2 milhões estão desempregados, o que corresponde a 55% das pessoas nessa situação no país, que, no total, chegam a 9,4 milhões.

Entre os jovens desocupados, 52% são mulheres e 66% são pretos e pardos. Aqueles que nem trabalham nem estudam – os chamados nem-nem – somam 7,1 milhões, sendo que 60% são mulheres, a maioria com filhos pequenos, e 68% são pretos e pardos.

A economista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e especialista em infância e juventude, Enid Rocha, reafirma que o fator de desigualdade de renda influencia a condição dos jovens nem-nem.

“Tem o fator de renda, raça e gênero. São mulheres, são os negros – e os negros são mais pobres no Brasil”, destaca. Mas completa: “Há um conjunto de vulnerabilidades desses jovens, que não têm acesso a mais anos de estudos, não têm acesso à capacitação profissional e grande parte são mulheres, mais envolvidas nas tarefas domésticas e nos cuidados familiares. Com isso, elas liberam outra pessoa no domicílio para procurar trabalho e elas ficam responsáveis pelo trabalho não remunerado dentro do domicílio.”

A socióloga Camila Ikuta, técnica do Dieese, acrescenta que, para auxiliar as mulheres jovens a voltarem a estudar e/ou trabalhar, é preciso ainda cuidar das crianças que elas cuidam. “Para amenizar essa situação, o país precisa de mais políticas públicas focadas na juventude, como a ampliação de creches públicas e de equipamentos de saúde, políticas de permanência estudantil e melhoria dos sistemas de qualificação e intermediação profissional nesse momento de transição entre escola e trabalho”, defende.

Na visão da economista do Ipea Enid Rocha, o preocupante é quando o jovem desengaja. “Ou seja, ele não faz parte da força de trabalho, não procura mais emprego e se desinteressou. É até um jovem difícil de encontrá-lo, porque não está inscrito em cadastros escolares e no Sistema Nacional de Emprego [Sine]”.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA ATRAVÉS DO LINK DA ISTO É (https://istoe.com.br/de-37-paises-brasil-e-o-2o-com-maior-proporcao-de-jovens-nem-nem/)


Vídeo : Casal fica sarrando em bar e dono mete galhada de goiabeira nos dois

Ao som da música Combatchy de Anitta, Lexa, Luísa Sonza, MC Rebecca, um casal foi flagrado sarrando em uma mesa do bar e levando a letra da música para outro nível. A letra que diz “Agora vai começar o combate, Quica, quica, bate, bate. Hoje vai rolar um fight de bumbum” fez com que o dono do bar se revoltasse com o que estava testemunhando.

Assim, ele não pensou duas vezes e pegou um galho de goiabeira e foi desgrudar o casal. O primeiro a pegar a galhada foi o “lgbtqia+” que tava por cima esfregando o popô no bebinho enquanto pagava sua cerveja gelada. Na sequência, ele expulsou o bebinho enquanto a música rolava “Aqui não vai ter empate. O bagulho é de verdade. Meu popô vai dar nocaute em qualquer um”.

“Vai, vaza. Pode vazar!”, diz o dono do bar expulsando os salientes.

Ela então sai rapidamente de cima do homem e acaba levando um pisão de outra pessoa, se afastando do bar. O homem, porém, parece não entender muito bem a situação e se faz de “leso”, como se não fosse com ele que o dono do local estava falando.

Irritado, o proprietário pega a cerveja que o homem estava bebendo e esvazia.

Fonte: No Amazonas é assim

Projeto ‘Samba no Mercado’ tem edição especial no Mercado das Quintas dia 22 de julho

NESTE SÁBADO DIA 22 DE JULHO, O PROJETO ‘SAMBA NO MERCADO’ TERÁ UMA EDIÇÃO ESPECIAL NO MERCADO DAS QUINTAS, ZONA OESTE DE NATAL

Essa programação gratuita é promovida graças a uma emenda parlamentar impositiva destinada pelo vereador Raniere Barbosa. É incrível ver como os mercados públicos podem se tornar verdadeiros pontos culturais e turísticos em várias cidades ao redor do mundo. E agora, Natal também está entrando nessa rota através da música!

A programação dos sambas retomou em abril e segue com duas edições mensais com apresentações musicais de samba e pagode com artistas potiguares. É uma oportunidade única de fortalecer a inclusão desses espaços como pontos culturais e turísticos em nossa cidade, além de ser uma vitrine para músicos, compositores, intérpretes e instrumentistas reconhecidos pela excelência de seus trabalhos.

E o melhor de tudo é que essa iniciativa proporciona arte, cultura e entretenimento gratuitamente para toda a população.

“Acredito que fomentar a cultura é instrumentalizar a cidadania, é socializar o trabalho e potencializar o turismo em uma cidade com tanta vocação para essa atividade quanto Natal, compartilhe essa novidade com seus amigos e familiares. Vamos juntos valorizar a cultura e promover momentos de felicidade em nossa cidade. Conto com a presença de todos!”, declara o vereador Raniere Barbosa.

Então, marque na sua agenda: dia 22 de julho, a partir das 13h00, no Mercado das Quintas, teremos uma tarde incrível de samba e pagode, com as atrações: Tornado do Samba e Legal D+.

Vídeo mostra momento em que avião aterrissa sem trem de pouso e escapa de incêndio

Um avião de pequeno porte precisou fazer uma aterrissagem de emergência no aeroporto municipal de Videira, no Meio Oeste de Santa Catarina, na tarde desta segunda-feira (5) sem poder contar com o trem de pouso, que apresentou problemas mecânicos. A descida exigiu uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC) à disposição na pista, já que havia risco de incêndio da aeronave. 

O piloto, que era o único ocupante do avião, teve que fazer manobras no ar antes de pousar, para queimar o combustível e reduzir o quanto fosse possível o risco de incêndio na descida, uma vez que, sem o trem de pouso, a lataria da aeronave tocaria diretamente o asfalto em alta velocidade. 

Um vídeo que registra o pouso mostra a aeronave soltando bastante fumaça e arrastando o bico na pista. O piloto, um homem de 58 anos, conseguiu sair do episódio, ainda assim, ileso. 


Movimento Preserve Pipa promove ações sustentáveis em comemoração à Semana do Meio Ambiente

MOVIMENTO PRESERVE PIPA É REALIZADA NA PRAIA DE PIPA

O Movimento Preserve Pipa, uma iniciativa conjunta dos integrantes da Associação de Hoteleiros de Tibau do Sul e Pipa (ASHTEP) e do Pipa Convention & Visitors Bureau, anuncia uma série de ações sustentáveis em comemoração à Semana Estadual do Meio Ambiente, que será realizada de 1 a 5 de junho de 2023. Com o objetivo de garantir uma melhor qualidade de vida para os moradores locais e proporcionar uma experiência única para os turistas que visitam a região da Praia da Pipa, o movimento conta com a participação de quase 50 empreendimentos, todos com avaliações acima de 90% de aprovação entre os clientes.

As ações planejadas para a Semana do Meio Ambiente do Preserve Pipa são as seguintes:

Mutirões em Pipa e Tibau do Sul – Nos dias 3 e 4 de junho, voluntários e membros do Movimento se reúnem em mutirões nas praias de Pipa e Tibau do Sul para realizar a limpeza e conservação dessas áreas. O objetivo é promover a conscientização sobre a importância de preservar o ecossistema local e garantir a beleza natural das praias para as gerações futuras.

Banca na Ecofeira da Pipa com distribuição de mudas de bougainville – No dia 2 de junho, o Movimento vai estar presente na Ecofeira da Pipa com uma banca dedicada à conscientização ambiental. Além de fornecer informações sobre práticas sustentáveis, vai acontecer a distribuição de mudas de bougainville aos moradores locais. Essa iniciativa tem como objetivo tornar Pipa a “cidade dos bougainvilles”, promovendo o cultivo dessa planta nativa e colorindo a região com suas flores vibrantes.

Exposição do Preserve Pipa no Parque das Dunas – No dia 1º de junho, será realizada uma exposição especial no Parque das Dunas, em Natal, onde serão apresentadas as ações e os projetos desenvolvidos pelo Preserve Pipa. Os visitantes terão a oportunidade de aprender mais sobre as iniciativas sustentáveis e os impactos positivos que o Movimento tem na região.

Ecopontos para recolhimento de tampinhas de garrafas – Durante toda a Semana do Meio Ambiente, serão disponibilizados Ecopontos estrategicamente localizados para a coleta de tampinhas de garrafas plásticas. Essa ação visa incentivar a reciclagem e o descarte correto desse tipo de material, contribuindo para a redução do impacto ambiental e promovendo a conscientização sobre a importância da preservação dos oceanos. As tampinhas recolhidas serão destinadas ao projeto Tampinha Legal, o maior programa socioambiental de caráter educativo em economia circular de iniciativa da indústria de transformação do plástico da América Latina.

Conferência Green Destinations Latino América 2023 – Wanderson Borges e Heloísa Faria, cofundadores do Movimento Preserve Pipa, participam como palestrantes da Conferência Green Destinations Latino América 2023. No dia 06 de junho, às 14h30, Wanderson apresenta a palestra “Movimento Preserve Pipa: passo a passo a caminho de um turismo responsável”. E no mesmo dia, às 17h, é a vez de Heloísa apresentar o case “Atitudes sustentáveis em empreendimentos turísticos: o caso da Toca da Coruja”.

O Movimento Preserve Pipa (www.preservepipa.com) reforça seu compromisso com a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente. Ao promover essas ações durante a Semana do Meio Ambiente, busca envolver a comunidade local, turistas e parceiros na construção de um futuro mais consciente e responsável.

Domingo na Cidade oferece programação gratuita neste fim de semana em Natal

Tem programação gratuita neste fim de semana para a criançada em Natal. A Idearte Produções realiza mais uma edição do projeto Domingo na Cidade, a partir das 14h, na Cidade da Criança.

A programação musical tem início às 14h30 com Zumba Kids que promete muita animação e coreografias. Logo após, às 16h30, será apresentado o musical A Pequena Sereia.

Além das atrações artísticas no palco, terá ainda no espaço: Praça de Alimentação, Feirinha de Artesanato, Brinquedos Infláveis, Maquiagem Artística, Bikes e Carrinhos, Clube Lego, Pedalinho, Massagem e muito mais — uma excelente programação para toda a família.

A programação é gratuita. O acesso ao parque custa apenas R$ 2,00. Crianças até 5 anos e idosos acima de 65 não pagam.

O projeto ‘Domingo na Cidade’ é uma realização da Idearte Produções, com patrocínio do Colégio Contemporâneo e Prefeitura do Natal, através do Programa Djalma Maranhão e apoio cultural do Governo do RN, Fundação José Augusto e SterBom.

Mais informações: @domingonacidadern.

“Festa dos Ex-alunos CIC” acontece neste sábado, com o DJ Luís Couto, Samba Preto no Branco e Dan Castro

Está confirmada para o próximo sábado, dia 27, a badalada “Festa dos Ex-alunos CIC”, que será realizada CEPE, localizada na Avenida Ayrton Senna. Trata-se de um evento já tradicional que é promovido há anos sob o comando de Paulo Dias, o “Palocha”. A festa começa às 15 horas e tem como atrações o Dj Luís Couto, Samba Preto no Branco e Dan Castro.

Segundo Palocha, além de um grandes estacionamento, vai ser disponibilizado para os participantes uma praça de alimentação, com opções variadas de alimentos e bebidas como o “Bar do Thomas”, “Loucos por Coxinhas”, “Geraldinho Bar” e “Cozinha da Nêga”.

A organização da festa, que proporcionará a alegria do reencontro de alunos, professores, coordenadores e funcionários, contratou bombeiros brigadistas e equipe de seguranças para garantir a segurança dos frequentadores. Os ingressos para a festa do CIC podem ser em Ceiça Flores e Presentes, localizada no estacionamento do Nordestão do shopping Cidade Jardim. Informações (84)98835-0435.