SELO BLOG FM (4)

Categoria: ELEIÇÕES 2022

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

EDIFÍCIO SEDE DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL (TSE). FOTO-MARCELO CAMARGO AGÊNCIA BRASIL

Termina na próxima quinta-feira (18), o prazo para os eleitores que não estiverem no seu domicílio eleitoral no dia da votação, no primeiro turno, em 2 de outubro; e, em caso de segundo turno, no dia 30 de outubro, solicitarem o voto em trânsito.

O requerimento para votar em trânsito precisa ser feito presencialmente, em qualquer cartório eleitoral, sem necessidade de agendamento. É possível solicitar o voto em trânsito para o primeiro, o segundo ou ambos os turnos.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o voto em trânsito vale apenas para o cargo de presidente da República, quando a eleitora ou eleitor indicar uma cidade localizada em outra unidade da Federação diferente da do município do seu domicílio eleitoral.

“Podem votar nos cargos de deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República apenas eleitoras e eleitores que indicarem para o voto em trânsito um município que esteja localizado na mesma unidade da Federação do seu domicílio eleitoral”, diz ainda o TSE.

O pedido para votar em trânsito só pode ser feito para as capitais e cidades com eleitorado igual ou superior a 100 mil pessoas. É possível consultar os locais habilitados a receber o voto em trânsito no site do TSE. Não é possível indicar municípios em outros países para o voto em trânsito.

Eleitores, com o título de eleitor cadastrado no exterior, poderão votar em trânsito se estiverem em viagem ao Brasil. Para isso, devem indicar o município onde estarão no dia da votação. Nesses casos, só poderão votar exclusivamente em candidatas e candidatos a presidente da República.

AGÊNCIA BRASIL

Álvaro Dias lança campanhas de Rogério Marinho e Adjuto no dia 19 em Natal

FOTO: REPRODUÇÃO

No próximo dia 19 de agosto, o prefeito Álvaro Dias vai realizar o lançamento das campanhas de Rogério Marinho (Senado) e Adjuto Dias (Deputado Estadual).

O prefeito já fez o convite pelas redes sociais. 

“Gostaria de convidar todos os amigos, amigas, nosso querido povo de Natal e do Rio Grande do Norte, a se fazerem presentes e participar desse momento tão importante de lançamento de nomes que apoiamos e que vão fazer a diferença no trabalho pelo no Rio Grande do Norte! 

Rogério Marinho e Adjuto lutaram muito nos últimos meses e ajudaram muito Natal no momento em que mais precisou. Por isso, chegou a hora de agradecer e mostrar que queremos contar ainda mais com essa dobradinha de potiguares eficientes e resolutivos! “, diz a publicação.

O evento será na Av. João Pessoa, próximo a Riachuelo do Centro de Natal.

Com informações do Blog do Heitor Gregório

Debate da Band Natal expôs fragilidade do governo Fátima, que teve sua gestão fuzilada pelos adversários

FOTO: REPRODUÇÃO/BAND

Redação Blog do FM

O primeiro debate com os candidatos ao governo do estado, ocorrido na noite desse domingo (07), promovido pela Rede Bandeirantes de Televisão. Em duas horas de sabatina, os candidatos pautaram o momento na televisão para ataques políticos e até mesmo oração.

Todos os candidatos externaram a fragilidade do governo Fátima Bezerra (PT) que, sem apresentar propostas relevantes para uma eventual próxima gestão, passou grande parte do evento rebatendo os concorrentes e tentando convencer ao eleitor que faz uma boa gestão para o RN. 

A atual governadora teve três pedidos de “direito de resposta” negados pela assessoria jurídica da emissora.

No comando de um governo sem obras para mostrar, Fatima centrou a defesa da sua gestão no fato de ter colocado em dia o salário do funcionalismo.

Os temas, saúde, fome, segurança e educação, foram os mais questionamos durante a sabatina. O momento também foi usado para a citação dos dois principais candidatos à presidência da República, Lula e Bolsonaro.

Fábio Dantas (Solidariedade), externou as deficiências da gestão Fátima Bezerra e fez questão de, por várias vezes, afirmar que não teve nada haver com o caos administrativo que foi protagonizado pelo governo Robinson Faria, de quem era vice-governador.

Dantas questionou fortemente a atual gestão sobre a falta de investimento na saúde e na infraestrutura das estradas que cortam o estado.

 

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Uma publicação compartilhada por Fábio Dantas (@fabiovdantas)

O senador Styvenson Valentim ( Podemos) também não poupou críticas ao modelo de gestão de Fátima Bezerra, cujo governo foi conceituado por ele como “irresponsável “. Valetim também aproveitou o seu  tempo para fazer autopromoção e ainda justificar algumas polêmicas promovidas por ele enquanto senador, como retirada da assinatura da CPI do Ministério da Educação. Ele disse que esperava ser atacado por falas infelizes que proferiu contra as mulheres. O senador bateu forte na governadora pela falta de segurança pública para a população.

Com uma atuação de dar “dó e piedade “, o candidato Daniel (PSOL) se destacou por seu despreparo e pelo uso de uma retórica simplista e sem conexão.  Ele falou sobre educação, fome, democracia e fez ataques ao presidente Bolsonaro. Ele também fez questionamentos a governadora sobre a situação de fome em que vive expressiva parcela da população do estado.

Seguindo a cartilha “esquerdista ” do PSOL, o candidato defendeu a isenção de prisão para os marginais que cometem pequenos furtos. Nesse item, levou bons corretivos, dados pelo senador  Styvenson Valentin.

Clorisa Linhares que participou do debate através de uma autorização judicial, teve uma atuação também simplória no debate, não soube conectar nem suas ideias e se destacou apenas na defesa do governo do presidente Jair Bolsonaro. Ela usou parte de seus últimos minutos no evento para rezar um pai nosso.

Numa análise fria,  a participação de Fátima Bezerra no debate nada lhe rendeu de positivo. Pelo contrário,  o evento serviu apenas para mostra à opinião pública as mazelas de um  governo de uma gestora que pouca coisa tem para mostrar, além da retórica já cansada de que “pagou o funcionalismo”, vai avançar” ou que “teve a coragem” de fazer isso ou aquilo.

Para Fátima, teria sido melhor se tivesse ficado em casa fazendo crochê.

Candidatura do médico Geraldo Pinho (Podemos-RN) ao Senado é homologada

FOTO: REPRODUÇÃO

No dia da candidatura de Styvenson para governador com a professora Francisca Henrique como vice, o Podemos também homologou a candidatura do médico Geraldo Pinho ao Senado e as nominatas para deputado federal e estadual.

Foram homologadas nove candidaturas às cadeiras de deputado federal: Aldair Gari, Alexandre do Detran, Silvia Helena, Marco Trigueiro, Kesia Magali, Clarissa Matias, Professor Ozildo, Carlinhos da Vale e Gilson Veras.

A convenção realizada na Escola Estadual Professora Maria Ilka de Moura, no bairro do Bom Pastor, zona oeste da capital, nessa sexta-feira (5), contou com a presença de Bruno Ornelas, secretário político do partido, que representa a executiva nacional do Podemos, da presidente do Podemos Mulher, Márcia Pinheiro, e do presidente do Podemos no RN, Felipe Madruga.

As informações são do Blog do BG

Fim do mistério: Styvenson anuncia candidatura ao Governo do RN e avisa que a campanha eleitoral será ‘franciscana’

SENADOR RESOLVEU ANUNCIAR DECISÃO NO PRAZO FINAL EM CONVENÇÃO. FOTO: REPRODUÇÃO/96 FM

O senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) anunciou na noite desta sexta-feira, durante convenção do partido, na Escola Estadual Maria Ilka de Moura, no bairro Bom Pastor, na zona Oeste de Natal, sua candidatura ao Governo do RN. Fim do mistério! Agora, ele deverá compor imediatamente o staff para iniciar sua campanha eleitoral pelo estado.

“O Podemos não é um partido grande. Não temos fundo eleitoral como outros partidos, tão menos espaço no horário eleitoral. Mas, em 2018, também não tinha estrutura e fui eleito senador. Deixei para anunciar minha decisão na última hora, pois a decisão é complexa, muito séria. Não vim aqui pra mentir e nem enganar. Darei o meu melhor. É o que posso prometer. Portanto, não tenho como negar o combate, Depende de todos vocês, agora”, declarou, emocionado, Styvenson, anunciando a candidatura e avisando que sua campanha será ‘franciscana’.

A chapa de candidatos da legenda para a disputa de deputado federal também foi confirmada. Bancos foram posicionados no pátio da escola para receber correligionários do Podemos e apoiadores de Styvenson. Um painel foi montado na frente da plateia, exibindo a mensagem: “Rio Grande, rumo a um novo norte”.

Havia sido gerada muita expectativa nos meios políticos do RN com a possível candidatura do senador, que, nos últimos dias, cresceu nas pesquisas divulgadas e registradas na Justiça Eleitoral, principalmente, em cidades como Natal e Mossoró.

Recentemente, durante entrevista à 96 FM, o parlamentar afirmou o que pretendia fazer (dentre eles, possivelmente cortes no duodécimo dos poderes); falta de renovação na Assembleia Legislativa do RN; os possíveis ataques que sofrerá na campanha e as dificuldades para montar uma chapa (não escolheu nem o vice).

Styvenson também havia anunciado que sua mãe já teria dado ‘carta branca’ para ele decidir se pretendia ou não disputar as eleições para o Governo do RN. O senador afirmou que confia nas urnas eletrônicas e que não conta com o apoio de nenhum ‘cabra de peia’ para ser eleito em 2018. Ele afirmou ainda que, se for eleito, reduzir os gastos e espera ter eleições para renovar a ALRN.

Também na entrevista, Styvenson afirmou que não está no pólo Bolsonaro, tão menos do PT. “Não vou mentir para a população e dizer que estou preparado e sou o melhor. É preciso ter responsabilidade e muita cautela. Já solicitei por ofício relatório sobre a economia do Estado, mas até agora não recebi. Nem deputado tem acesso a isso para fiscalizar as contas do governo”, criticou.

Rogério Marinho recebe apoio do prefeito de Macaíba e de 16 dos 17 vereadores da cidade

FOTO: DIVULGAÇÃO

O prefeito de Macaíba, Emídio Júnior, e 16 dos 17 vereadores da cidade, anunciaram apoio a candidatura de Rogério Marinho ao Senado. O grupo se reuniu nesta sexta-feira (05) com o ex-ministro do Desenvolvimento Regional, em agradecimento aos benefícios levados por Rogério para o município.

“Macaíba só tem a agradecer ao trabalho de Rogério Marinho que sempre que foi solicitado atuou como parceiro da nossa cidade. Estamos formando aqui uma nova parceria, agora pelo futuro de Macaíba”, disse Emídio. Por meio da atuação de Rogério como ministro, o município recebeu R$ 3 milhões para perfuração de poços e construção de rede para abastecimento das comunidades mais distantes da cidade. Além disso, Rogério também liberou cerca de R$ 9 milhões para a pavimentação da zona industrial de Macaíba.

Um dos vereadores da cidade, Igor Targino, é inclusive o segundo suplente na chapa de Rogério, demonstrando a importância do município para o candidato. “É com muita alegria e consciente da responsabilidade que recebo o apoio dos representantes de Macaíba. Agradeço pelo reconhecimento ao nosso trabalho e aproveito para renovar nosso compromisso de continuar lutando por melhorias para a cidade. Estamos juntos”, disse Rogério Marinho.

Os vereadores que passaram a apoiar Rogério são Érika Emídio, Taffarel Freitas, Dadaia, Aroldo da Saúde, Professora Socorro Nogueira, Rita, Denilson Gadelha, Jefferson Stanley, Cacau, Ismarleide, Igor Targino, Aluizio Silvo, Catarina, Zeca da Pesca, João de Damião e Jailson Brito.

Styvenson anunciará se é ou não candidato somente às 18h desta sexta, mas alfineta ao falar que não é um “Ezequielzinho”

FOTO: REPRODUÇÃO/96 FM

Redação – Blog do FM

De surpresa, o senador Styvenson Valentim (PODEMOS) anunciou em entrevista à 96 FM que sua candidatura ou não ao Governo do RN só será anunciada nesta sexta-feira, às 18h. Apesar do ‘mistério’, ele ironizou dizendo que não é um ‘Ezequielzinho’, fazendo menção à desistência do presidente da ALRN na disputa ao governo,

Na entrevista, o parlamentar afirmou o que pretende fazer (dentre eles, possivelmente cortes no duodécimo dos poderes); falta de renovação na Assembleia Legislativa do RN; os possíveis ataques que sofrerá na campanha e as dificuldades para montar uma chapa (não escolheu nem o vice).

Contudo, Styvenson avisa que sua mãe já deu ‘carta branca’ para ele decidir se pretende disputar as eleições para Governo do RN. O senador afirmou que confia nas urnas eletrônicas e que não contou com o apoio de nenhum ‘cabra de peia’ para ser eleito em 2018. Ele pretende, se for eleito, reduzir os gastos e espera ter eleições para renovar a ALRN.

Também na entrevista, Styvenson afirmou que não está no pólo Bolsonaro, tão menos do PT. “Não vou mentir para a população e dizer que estou preparado e sou o melhor. É preciso ter responsabilidade e muita cautela. Já solicitei por ofício relatório sobre a economia do Estado, mas até agora não recebi. Nem deputado tem acesso a isso para fiscalizar as contas do governo”, criticou.

Mudança: Debate da Band será com apenas quatro candidatos ao Governo do RN

DEBATE TERÁ PRESENÇA DE FÁTIMA BEZERRA (PT), FÁBIO DANTAS (SDD), STYVENSON VALENTIM (PODE) E DANNIEL MORAIS (PSOL). FOTO: REPRODUÇÃO

A Band anunciou nessa quinta-feira (4) uma mudança no debate entre os candidatos ao governo do Estado que será promovido no próximo domingo (7), a partir das 21h. De acordo com a emissora, com a alteração, só vão participar do programa os candidatos dos partidos que têm, no mínimo, cinco deputados federais. A restrição é permitida por lei.

Com isso, só vão participar do debate quatro candidatos: a governadora e candidata à reeleição Fátima Bezerra (PT) e os candidatos Fábio Dantas (Solidariedade), Styvenson Valentim (Podemos) e Danniel Morais (PSOL). Dos quatro participantes, o único que ainda não homologou candidatura em convenção foi Styvenson. Mesmo assim, ele confirmou presença.

Cinco candidatos ao governo ficarão de fora do debate: Clorisa Linhares (PMB), Antônio Bento (PRTB), Rosália Fernandes (PSTU), Nazareno Neris (PMN) e Rodrigo Vieira (DC).

Até o início da semana, a emissora vinha divulgando que o debate teria a participação de todos os candidatos ao governo do Estado. Ao PORTAL DA 98 FM, no entanto, a Band afirmou que precisou a aplicar a cláusula de barreira por questões técnicas. O formato do debate não comportaria 9 candidatos.

O debate será transmitido ao vivo direto dos estúdios da emissora em Candelária, na Zona Sul de Natal, e terá mediação da jornalista Anna Ruth Dantas, apresentadora do programa Band Cidade.

O debate consistirá em rodadas de sabatina entre os candidatos de modo que cada candidato seja sabatinado pelos demais e, da mesma forma, possa sabatinar os seus adversários. Antes de iniciar as sabatinas, os candidatos terão direito a um período de 45 segundos para apresentação aos telespectadores. E antes do encerramento do programa, após todos os candidatos serem sabatinados, será aberto um espaço de 45 segundos para que cada um faça as suas considerações finais.

De acordo com o compromisso assinado pelos representes, os candidatos confirmaram participação em um debate caso exista segundo turno. O programa está pré-agendado para o dia 5 de outubro de 2022.

Com informações do Portal 98 FM